sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

Deste-me um abraço. Encostaste teu rosto ao meu


...........
Deste-me um abraço. Encostaste teu rosto ao meu
Cingiste meus sentidos. Em meus lábios deliraste
Palavras doces. Carinho e amor. Beijo aconteceu
Partiste sorridente. Tua doçura em mim, deixaste
Olhei para teu destino. Viraste a rua, num sentido
Procurei por ti. Nunca consegui saber tua direcção
Mas acredita: Se algo me é totalmente permitido
É que para sempre te guardarei dentro do coração
.
Alma nobre. Feiticeira, musa do meu sentimento
Puro olhar. Formosura em teus olhos de verdade
Nunca me peças para te tirar do meu pensamento
Nem que por ti, pelo teu amor, morra de saudade
..................

8 comentários:

  1. Todo o Poeta que assim escreve, merece o MAIOR aplauso!
    Parabéns!
    Bjos

    ResponderEliminar
  2. Os abraços dados com sinceridade e lealdade, podem ser mágicos! Um poema lindo de morrer. Muitos parabéns Ricardo!
    AMEI

    Beijo, bom fim de semana.


    ResponderEliminar
  3. Que lindo, cheio de amor e sensualidade!!

    Um lindo dia pra vc =)

    ResponderEliminar
  4. A marca do amor tatuada no coração.
    Lindíssimo teu poema
    Um abraço

    ResponderEliminar
  5. Um belo poema sobre um encontro encantado que deixou saudade.
    Bom fim de semana, Ricardo.
    xx

    ResponderEliminar
  6. Muito bom este poema.
    Parabéns ao seu autor!
    Bejocas

    ResponderEliminar
  7. Este Poeta até nos deixa de imaginação a flutuar.... Amei..Bom demais!!

    Beijo-bom fim de semana--visite-->http://quadrasepensamentos.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  8. Um poetar bem sensual.
    Lindo Ricardo.
    Bjs-Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar