domingo, 29 de novembro de 2015

Quando idosos olhos choram de saudade

..............................................
Vive-se o tempo que escorrega sem se ver
O ontem é passado daquilo que se viveu
Eram sorrisos todo o tempo da vida viver
Nem me recordo se no ontem existiu o eu

Viveste em mim. Foste luz de inspiração
Que deixei apagar no seio do pensamento
Desculpa não te ter guardado no coração
Guardando-te nas folhas do esquecimento

Vive-se esse tempo que passa numa ilusão
Tantos amores, juventude, sentida leveza
Trocam-se ilusões por mágoas no coração
Lembram-se amores na fonte da incerteza

Vive-se a vida que de nós foge sem tempo
Chega a noite, afasta-se a luz da claridade
Não há amanhã, apenas existe o momento
Quando idosos olhos choram de saudade
....................

17 comentários:

  1. Os sinais do tempo marcam o corpo físico, mas,
    os sentimentos jamais envelhecem.
    Muito bonito.
    Abraços, Ricardo!

    ResponderEliminar
  2. Poesia com sabor a passado.
    Poesia com sabor a respeito
    Com as cores do amor
    Com o saber e o sabor dos que viveram de amor

    ResponderEliminar
  3. Oi Ricardo,
    Eu quase já sinto na pele, e as doenças que não curam e o companheiro(a) que morre( o meu morreu era muito nova, casei-me novamente). O frio gelado do Asilo, depois vem o esquecimento, os maus-tratos das cuidadoras e o alívio, a morte.
    Beijos no coração
    Minicontista2

    ResponderEliminar
  4. Oi Ricardo,
    O Lua Singular sempre foi a minha vida, mas fui muito magoada nele e, adoeci. Mas pode comentar no Minicontista2 - muitos já o fazem.
    Beijos no coração
    Minicontista2

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Dorli

      Sim, já comentei no Minicostista2

      Beijo em sua sensibilidade...

      Eliminar
  5. Um poema com uma certa saudade e nostalgia. O passado não volta, as recordações ficam, sejam elas boas ou más....Mas o tempo passa, tudo leva, e fica a saudade, e, muitas vezes um coração que sufocadamente chora! O tempo passa....!!!
    Lindo demais.. como já nos habituaste.
    Nunca me canso de te dizer és o meu Poeta preferido PARABÉNS.

    Beijo e um bom final de Domingo.

    ResponderEliminar
  6. À medida que a idade avança, o tempo passado será mais longo do que o tempo que resta, e ao olhar para trás vemos como fomos ingénuos, como tivemos tantos sonhos desfeitos e outros concretizados, e fica a saudade. Quem morre bem velhinho, acaba por morrer quando já teria sabedoria para poder viver de uma outra forma. Apaga-se quando já estaria preparado para viver, mas o seu corpo já não o permite.
    Excelente, Ricardo. Os velhos são grandiosos e oxalá que para a velhice caminhemos todos.
    xx

    ResponderEliminar
  7. O passado fica somente nas lembranças,mas é muito bom relembrar,principalmente tempos vividos com alegrias.
    Tomara que todos os idosos possam chegar a uma idade com dignidade,saúde e muita paz,não sentindo solidão e nem saudades.
    Lindo Ricardo.
    Bjs-Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  8. Homenagem muito bonita aos idosos. Maravilhoso poema sem qualquer dúvida
    Abraço

    ResponderEliminar
  9. A arte de sentir como mensagem!
    Portanto... e para evitar que os idosos continuem a morrer sozinhos é importante que as respostas sejam repensadas numa unidade importante que não se dissociar que é estado, família, Igreja, Instituições sociais, bem como a sociedade olhar para além do seu umbigo...

    Saudade...Suave mas profunda melancolia causada pela lembrança de um bem ausente...o Doce Versus o Amargo... tão tipicamente portuguesa ... nesta Alma que nos enche de uma Esperança dinamizadora ...Alavanca do Ressurgimento...
    Nos traz tantas interrogações???
    O que é a Saudade?
    É sentir a falta antes de partir...Ou é sentir alegria na chegada...
    A saudade é tristeza ou alegria?
    É a angustia de um tempo que vai chegar ...Ou que já passou...?
    Será um nó na garganta, um soco no estômago ou alegria no coração?
    É composta por lágrimas ou sorrisos?

    Na simples minha constatação acho que ... Se a saudade não tem tradução, também não tem explicação!...

    Oferecerem condições dignas a pessoas que trabalharam ...até não poderem mais e que têm familiares ou não disponíveis para os acompanharem é ir de encontro à dignidade humana... a saudade certamente poderá ser Esperança/Alavanca...

    ResponderEliminar
  10. Soberbo!
    Saudades de deixar tudo para trás e partir, sofre-se antecipadamente. Saudade, pena, angustia...tudo isto passa pelo olhar de idosos e sem serem idosos. Gostei muito.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  11. Do mais lindo e sensível que já li por aqui, a respeito dos idosos...Eles merecem respeito...merecem receber o que deles já deram!!!

    Visite-nos...texto do nosso amigo Gil..
    Beijinhos...http://quadrasepensamentos.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  12. Bom Dia Amigo.
    Hoje tomei a liberdade de postar seu poema começando assim
    brindar o final de ano.
    Para muitos um dia feliz.
    Para outros tristes sem esperança na vida
    deixando se levar pelo anos ou pelas tragédias do mundo
    perderam a capacidade de sorrir.
    Meu eterno carinho e respeito amado amigo e poeta.
    Beijos no seu coração.
    Evanir.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Evanir

      Obrigado de coração. Ao publicar no seu blogue um poema meu, deixa-me orgulhoso. Disponha sempre

      Beijos de admiração e carinho.

      Eliminar
  13. Olha fui avisar a amiga e entrei no seu blog desculpa.

    ResponderEliminar
  14. Saudade faz parte da vida do homem, acredito que ela nunca acabe...

    Um lindo dia pra vc =)

    ResponderEliminar
  15. O tempo passa. A vida enovela-se nele e depois vai-se desenrolando... Mas fica o que se viveu, o que se sonhou, o que se sentiu...
    Um poema para pensar...
    Beijo.

    ResponderEliminar