sábado, 10 de outubro de 2015

Suores ardentes, cálidas gotas em pura ternura

..........................
Passei as minhas mãos pelo teu corpo suado
Deslizavam pelos teus seios lindos, erguidos
Trocámos um beijo carinhoso e apaixonado
Deambulei pelos alicerces dos teus sentidos

Pelo interior do teu corpo, senti-me viajando
Qual estrela de vida vi teu olhar em afeições
Nossos corpos juntos, entregues, se amando
Unidos na voz suspensa dos nossos corações

Deleitados pelo ímpeto e sentimento carente
Entrega e paixão em carinho ávido, presente
Termos de amor, qual brilho em noite escura

Beijos molhados deslizando pela pele despida
Brilho de estrelas na suavidade de voz sumida
Suores ardentes, cálidas gotas em pura ternura
.............

15 comentários:

  1. Belo soneto, amigo Ricardo. Um abraço daqui do sul do Brasil. Tenhas um ótimo fim de semana.

    ResponderEliminar
  2. Parabéns pelo poema...transborda sensualidade...AMEI !!!

    Bjos

    ResponderEliminar
  3. Numa palavra apenas...BRILHANTE!!!

    Sábado feliz.
    Beijinho.

    ResponderEliminar
  4. Viagem sensual e apaixonante pelos alicerces dos sentidos, transformada em poesia com o teu toque inegualável e de grande magia sentimental! Amei!!!! Um grande beijinho para ti e feliz fim de semana

    ResponderEliminar
  5. Amigo parabéns pelo belíssimo poema apaixonante , envolvente e
    sedutor .
    Um feliz final de semana abraços e meu carinho de uma amizade sem Fim.
    Evanir.

    ResponderEliminar
  6. Poderoso, intenso e sensual poema... tudo isto só é possível em grandes Poetas como o autor deste poema e Blogue.
    Muitos parabéns!!!!

    Bom final de semana- beijos---Visite-nos... Texto do Gil António..
    http://quadrasepensamentos.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  7. Boa noite, meu Poeta preferido!

    Hoje saístes-te das cascas, como quem diz, fizeste uma poema diferente na intenção, ou seja, escreveste um soneto que roça na sensualidade...Já aqui disse tanta coisa que de repente alguma coisa que te diga, perde a piada. Lool.. Mas Olha escreve mais poemas como este, assim, sensual, faz bem a quem te lê, digo eu :-)...
    Parabéns, este, é a peça principal do teu colar....
    Amei!

    Beijo...Bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  8. Um lindo soneto com muita sensualidade..
    Gostei Ricardo.
    Bjs,obrigada pela visita e um ótimo domingo.
    Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  9. Belo soneto, Ricardo.
    Olha, brilhante!
    xx

    ResponderEliminar
  10. Uma bela inspiração entre imaginários sensuais,
    Muito bom!!!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  11. Infelizmente, minha vida está uma correria sem fim e por isso quero pedir desculpas aos amigos, pois estou sem tempo para postar e para visitar os blogs que tanto estimo.
    Em breve entrarei voltando à normalidade.

    Beijos
    Ani

    ResponderEliminar
  12. No transpirar do amor a vida desliza infinito afora.
    Cadinho RoCo

    ResponderEliminar
  13. Tudo tão lindo quando celebrado pelo amor.
    Cadinho RoCo

    ResponderEliminar