terça-feira, 19 de maio de 2015

Feridas abertas no sentir do meu coração

.......................................................
Quando te sinto nua sobre o meu corpo quente
E o teu beijo desassossega o meu pensamento
Fecho os olhos na doçura de um corpo carente
Fazendo do teu corpo, meu desejado momento

Silêncios invadem o anoitecer da minha prece
Nas gotas soltas da sudação que vive em mim
Quando o teu corpo, alvorada que me apetece
Transpira na anuência de um carinho sem fim

Jaz o sentimento num clamor silente e abafado
Nas lágrimas implantadas nas rugas da ternura
Sintonia de amor em traços de afectiva paixão

Nas correntes do meu ser imortalizei o passado
Quando sinto as incisões da imperfeita loucura
Como feridas abertas no sentir do meu coração
.......................

16 comentários:

  1. Um poema que para além de muito bem escrito, tem salpicado de alguma sedução com umas orlas meias tristes... Mas dou-te os parabéns... Estás sempre ao mais alto nível, a escrever poesia...Nunca vi ninguém assim!!
    Olha: ...SOBERBO!!

    Beijo

    ResponderEliminar
  2. Extraordinário!!!!! Uma sintonia de amor divinal!!! As tuas palavras, emoções e rima "desassossegam" nossa alma e faz-nos sonhar com um amor sensível e puro. Fiquei encantada e envolvida nesta aura amorosa com o teu toque tão especial...uma abraço Ricardo e parabéns por tão poderosa obra poética!

    ResponderEliminar
  3. É um consolo para a alma ler poemas como os seus...Os meus sinceros parabéns.

    Beijos

    ResponderEliminar
  4. Lindo e bem sensual.
    Adorei Ricardo.
    bjs-Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  5. Seus poemas sempre tão bonitos românticos
    e sensuais só pode receber elogios sempre

    Bjussss

    └──●► *Rita!!

    ResponderEliminar
  6. Talvez um dos poemas mais belos que já li aqui. Rimas fascinantes em beleza e ternura
    Jinhus

    ResponderEliminar
  7. Oi Ricardo,
    Poesia sensual e lindíssima do começo ao fim.
    Parabéns poeta
    Beijos

    ResponderEliminar
  8. Às vezes é necessário imortalizar o passado para que a vida continue com o seu sentido primordial Gostei da sensualidade do poema. Muito bem ilustrado.
    Parabéns pelo poema.
    Parabéns pelo título do Benfica. Muito triste tudo o resto.
    xx

    ResponderEliminar
  9. Lindo de mais o seu poema
    A imagem é bem sedutora.


    Beijos.visite-http://quadrasepensamentos.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  10. Olá Ricardo
    Cada verso do seu grandioso poema exala romantismo salpicado de sensualidade
    Um grande abraço

    ResponderEliminar
  11. Feridas no coração quem as cura?

    Um lindo dia pra vc =)

    ResponderEliminar
  12. Boa tarde, o silencio invade o pensamento, neste todos os bons e maus pensamentos passam por nós, inegavelmente os seus poemas para alem de serem maravilhosos, também são mágicos.
    AG

    ResponderEliminar
  13. O amor, paixão e sensualidade transborda das palavras deste belíssimo poema.
    Bom fim de semana
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar