segunda-feira, 6 de abril de 2015

Em teu amor agarro as chamas do vento

...* ..
Percorro os campos, vales, caminho meu
Campinas perfumadas, flores aos molhos
Liberdade do sentimento num sorriso teu
Tudo  isso encontro nos teus lindos olhos

São as várzeas o deslizar onde me atrevo
A pensar em ti, em teu carinho, felicidade
Rasgo as folhas onde o teu nome escrevo
Por nelas estarem sentimentos de saudade

Seguro o teu sorriso e registo o teu olhar
Em teu amor agarro as chamas do vento
No meu peito, teus afagos são fogo e mar
Que ardem nas orlas do meu pensamento

Suspiro por ti na essência da noite escura
Onde as estrelas clarejam o negro mundo
Anoto sentimentos no absorto da loucura
Na lenidade do teu beijo, doce e profundo


18 comentários:

  1. Palavras para quê?? Divino!!

    Beijo no seu coração

    ResponderEliminar
  2. Suas poesias são sempre muito profundas e de eterno amor pela sua amada.
    Lindo amigo Ricardo,uma ótima semana para você.
    bjs-Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  3. Excelente poema, transbordando amor.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  4. Sonetos sempre belos aqui...plenos de amor e de poesia.
    Ricardo, beijo!

    ResponderEliminar
  5. Pois!
    Como comentar um poeta como tu?
    Não sei, mas neste lugar divino onde só tem lugar para verdadeiras pérolas poéticas tendo como "pano" de fundo esta musica que é a "orla" que compõe este maravilhoso blogue, ou seja, é sítio mais que perfeito para qualquer leitor ler, meditar e, identificar-se quando é o caso.

    Este blogue pode até estar uma semana parado, mas quando se sai, é com a poesia ao mais alto nível.

    Este estrofe eu destaquei
    *
    Seguro o teu sorriso e registo o teu olhar
    Em teu amor agarro as chamas do vento
    No meu peito, teus afagos são fogo e mar
    Que ardem nas orlas do meu pensamento
    *
    Soberbo!....És realmente um Poeta de mão cheia-Parabéns.

    Beijo.

    ResponderEliminar
  6. Maravilhosa poesia que se nota sair do coração e não serem meras palavras de figuras de estilo. Poético e sedutor.
    Bjs

    ResponderEliminar
  7. Um poema lindo de mais!
    Tanta ternura e carinho nas suas palavras!!! ADOREI
    Bjs

    ResponderEliminar
  8. Lindo, seus poemas nos leva ao seu País, deve ser lindo ver a vida diante da beleza da natureza, amor combina com o belo, com o mar, campos, vales, enfim...
    Sempre boas inspirações por aqui, amei ler!
    Abraços e obrigada pelo carinho de sua amável visita!

    ResponderEliminar
  9. Primoroso, Ricardo!
    E como o vento tem esse poder de atear fogos!...;-)
    xx

    ResponderEliminar
  10. quadras carinhosas cheias de ternura para a sua Musa...

    beijinho

    :)

    ResponderEliminar
  11. Arde nas orlas do teu pensamento, um fogo poético de grandes emoções que te leva a soltar da alma divinas inspirações...AMEI..este poema está tão poderoso...tão ardente...que até as pedras da calçada devem sentir o carinho, amor e paixão por ti enaltecidos...parabéns Ricardo...pertences ao clube dos poetas....NOTÀVEIS

    ResponderEliminar
  12. Olá amigo poeta Ricardo!
    Tu sempre nos brinda com teus perfeitos escritos...
    Românticos e cheios de ternura.

    Amei le-te!

    Um beijo!

    ResponderEliminar
  13. Oi poeta Ricardo
    Uma poesia simplesmente maravilhosa.
    Parabéns amigo
    Beijos

    ResponderEliminar
  14. O amigo escreve muito boa poesia. Gostei muito desta.MUITO MESMO.
    Desejo que se encontre bem.
    Abraço amigo.
    Irene Alves

    ResponderEliminar
  15. Ótimo, Ricardo! Elegantes e excelentes escritos! Abraços!

    ResponderEliminar
  16. OI RICARDO!
    PERFEITOS, VERSOS INTENSOS E REPLETOS DE SENTIMENTOS.
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar