quarta-feira, 4 de março de 2015

Levar-te comigo pelos espaços imaginários

... * ...
Levar-te comigo pelos espaços imaginários
Encarar tormentas de areia em árido deserto
Darmos beijos de amor em delírios solitários
Brilhos de luz por te sentir de mim tão perto

Por ti, temporais e insolvências enfrentaria
Por areais por ávida seca em alvo prejuízo
Mágoas e dores em tempo por ti suportaria
Se me acompanhasses com teu fino sorriso

Deixaria em vivências passadas, saudades
Nas arestas líricas de insanas tempestades
Faria da felicidade arco-íris sem marcação

Sentindo em mim mélicos sentidos em flor
Sorrisos carinhosos em teus olhos de amor
Existiria felicidade em meu sofrido coração
.....................

16 comentários:

  1. Bom dia poeta Ricardo
    Tem uma facilidade em escrever poesias de todos os tipos que me encantam.
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  2. "Levar-te comigo pelos espaços imaginários"

    "Por ti, temporais e insolvências enfrentaria".---------»Não tenho mais nada a dizer ...SOBERBO!!

    Beijos

    ResponderEliminar
  3. Brilho e magia que despertam em tão profundas palavras...emoções fortes que tocam no coração...somos levados pelos caminhos do imaginário onde o amor se sente em cada letra e faz-nos sonhar com tanta beleza sentimental...AMEI...uma nova pérola a juntar a tantas que já tens e com elas construirás lindos colares poéticos...um abraço grande

    ResponderEliminar
  4. Sempre maravilhoso, o poeta e a escrita. Lindo soneto Ricardo, bjus.

    ResponderEliminar
  5. Fiquei arrepiada por ler tanta beleza e carinho em palavras poéticas cheias de brilho e amor. Não existe poeta que mais adore que aquele que me brinda com poemas assim que faz entrar em supless e sonhos imaginários
    beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Um poema que me deixou totalmente arrepiada...Muitas emoções à flor da pele, sentimento e saudade...doutros tempos! Lindo de mais
    Já sou fâ

    ResponderEliminar
  7. Boa tarde, lindo poema envolvente, excelente criação poética.
    AG

    ResponderEliminar
  8. Excelente poema , transbordando amor!

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  9. Assim escreve um ENORME POETA. Junta ao teu cardápio dos melhores.

    Beijinho

    ResponderEliminar
  10. Um soneto muito belo, com uma imagem muito sugestiva.
    A busca da felicidade é o alvo de todos os seres humanos.
    xx

    ResponderEliminar
  11. Um soneto que nos leva a viajar pelos espaços imaginários do Amor.
    O desejo e a vontade de ter e de estar.
    Um abraço, Ana

    ResponderEliminar
  12. Respostas
    1. um soneto que nos fala de amor e de todos os seus deleites e sacrifícios.
      muito bem construído.
      um beijo
      :)

      Eliminar
  13. Bom dia, querido poeta Ricardo,
    Ah! Levarte - te comigo pelos espaços imaginário ,só o título já é um grande e perfeito verso.Ter o amor e ainda a cumplicidade deste amor é lindo, cada verso seu é perfeito e se encadeia certinho no círculo das palavras, sempre que amamos existe o sofrimento, faz parte. Grande beijo!

    ResponderEliminar
  14. Só os verdadeiros Poetas escrevem assim!
    Obrigada por nos proporcionar bons momentos de leitura.
    Parabéns pela sua sensível inspiração.

    Bjus

    ResponderEliminar