quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

Caminho de encontro ao sonho apenso

.............................
Caminho de encontro ao sonho apenso
Por vagas de amor honrado e sentido
Murmúrios de ecos do além acrescido
Nas névoas fechadas do meu silêncio

Gotas de neblina são vestígios em mim
Odes caladas pelos delírios da história
Que vagueiam pelas raízes da memória
Buscadas em caminhos áridos sem fim

Ecos da ego em meu intimo sepultados
Calados nos devaneios dos meus temas
São pedacinhos de vida, dores amenas
Nuvens de água em olhos lagrimados

Nesse sossego onde conforto vasculho
Poderei restaurar os pedaços de amor
Onde no silêncio possa curar fina dor
Que rasga meu peito e neles mergulho
................................

17 comentários:

  1. Bom dia Ricardo
    Estou maravilhada com este teu poema encantador. Fez-me lembrar tanto da minha vida, deixou-se emocionada.
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  2. Como sempre, é muito difícil comentar quem assim escreve. Tu escreves como ninguém...Já o fazes mais espaçadamente, mas, quando apareces trazes-nos do melhor que se pode ler.
    Este poema está soberbamente bem escrito. PARABÉNS... Todas as palavras são poucas para te elogiar.

    Um dia feliz
    Beijo

    ResponderEliminar
  3. Maravilhoso de se ler! Parabéns
    Bj

    ResponderEliminar
  4. Belo poema repleto de musicalidade!
    Um abraço daqui do sul do Brasil. Tenhas uma boa tarde e uma ótima noite.

    ResponderEliminar
  5. Sinto que minhas palavras serão parcas perante a magnitude deste poema...uma riqueza poética ao nível dos melhores mestres da poesia..amei Ricardo...usas as palavras com uma sapiência divina e envolve-as numa magia tal que estonteia...um abraço

    ResponderEliminar
  6. Lourdes Piedade Patacas28 de janeiro de 2015 às 16:18

    Toda a poesia nos transmite algo, este poema transmite-nos uma nostálgia
    que nem sempre podemos deixar arrastar por caminhos áridos, mesmo que seja ao encontro do sonho para poder restaurar os pedacinhos de amor , nas névoas do silencio!!!
    Gostei, apesar de triste .

    ResponderEliminar
  7. Meio triste, muito lindo...
    Beijos, Ricardo!

    ResponderEliminar
  8. Revi-me no teu melancólico e magnífico poema.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  9. Um poema que rasga a superfície da memória, que escarafuncha a dor, tentando ao fazê-la presente, eliminá-la. como que uma exorcização poética. Muito triste, também para quem lê.
    Obrigada, por mais um belo momento de poesia.
    xx

    ResponderEliminar
  10. Lindo poema que nos faz viver coisas do passado a fim de não esquecer o presente e preparar o futuro
    Amei

    ResponderEliminar
  11. Existem sonhos nos quais valem a pena caminhar!!
    Poema maravilhosamente belo.

    ResponderEliminar
  12. Vale apenas ter bom sonhoe e ser concretizado melhor ainda
    bom dia vc escreve com a alma esta perfeito sucesso DEUS te abençoe.
    Novo Vídeo: https://www.youtube.com/user/NekitaReis/channels
    Blog: http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
  13. Seus poemas são de encantar amigo Ricardo.
    bjs-Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  14. Boa tarde, lindo poema, nos caminhos áridos sem fim pode acontecer o inesperado e o desejado.
    AG

    ResponderEliminar
  15. Lindo demais,Ricardo.

    O melhor pode estar fora de nossa pequena e restrita visão da vida!

    Recebi sua atualização porque seu blog está na minha lista de favoritos no layout do meu.

    Tem posts novos lá!

    Beijos e uma semana de alegrias

    Donetzka

    Face Book:

    https://www.facebook.com/donetzka.cercck

    Twitter: @donetzka13

    Instagram: @donetzka


    http://instagram.com/donetzka

    Flickr(Minha galeria de imagens):

    https://www.flickr.com/photos/123498631@N06/

    Youtube (Meu canal):

    http://www.youtube.com/channel/UCnVpBs2C-vL6fd1BaRH3lrA/about


    Blog Magia de Donetzka


    ResponderEliminar
  16. Muito lindo!
    Feliz fim de semana, abraços.

    ResponderEliminar
  17. muito lindo, parecem os meus egos sepultados. bejs

    ResponderEliminar