terça-feira, 30 de dezembro de 2014

Pelos caminhos da felicidade

....
Queria ir passear contigo
Pelos caminhos da felicidade
Esquecer tristezas, mágoas, saudade
Nostalgias vividas em agrura
Poder dizer-te o que não digo
Abrir o coração, falar o que sinto
Mostrar-te como chora o meu olhar
Como escorre sangue do meu pensar
Queria ir  passear contigo
Desbravar esse labirinto
Mas não consigo
Porque a nostalgia não nos deixa caminhar
Pelos carreiros da ventura
Em horizontes de amor e ternura
Onde eu, contigo, tanto queria estar.
...........

6 comentários:

  1. Poema amoroso, arrepiante de fazer sonhar uma mulher
    Feliz Ano de 2015

    ResponderEliminar
  2. Tanto carinho patente neste poema! Nele enalteces o desejo dum passeio com a mulher amada, para abrires o teu coração, para mostrares o choro do teu olhar, o sangue do teu pensar. Quem não sonha caminhar pelos horizontes do amor e ternura? Quem não quer um amor assim? Amei Ricardo...como não queres que as mulheres se derretam com os teus poemas? Um grande beijinho e já agora um feliz 2015

    ResponderEliminar
  3. E porque o ano passou
    E tu também nos mostraste
    Teu livro lindo, que me emocionou
    Dos teus sonetos, que lançaste

    Espero poder assistir
    Ao lançamento do segundo
    Não és pessoa de desistir
    Nem vás ao fim do mundo

    Este poema, muito ternurento
    Escreves sempre com o coração
    Desde já agradeço o momento
    Que sempre te leio com emoção

    Se fosse eu a mandar
    Pedia saúde para ti
    Assim, apenas posso desejar
    Um feliz 2015 para aí

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Tenho a certeza que esse caminho da felicidade está aí mesmo ao teu lado, basta "guinar" um pouco à esquerda ou à direita e depois, seguir em frente! É lá que se situa esse horizonte de amor e ternura.
    Um poema um pouco triste para acabar o ano... mas o coração é que manda.
    Queria agradecer-te, Ricardo por este 2014 de trocas de leituras e comentários. Agradecer-te também o teu respeito, a tua amabilidade, a tua imensa simpatia, e desejar-te toda a felicidade do mundo e muita saúde para o ano de 2015.
    Bem hajas, Ricardo, pela tua sensibilidade.
    xx

    ResponderEliminar
  5. Boa noite Ricardo
    É um privilégio estar aqui lendo seu belo poema. Que Deus me permita vir mais vezes para ler as tuas soberbas criações
    Os dias do novo ano serão sempre iguais cabe a cada um de nós promover mudanças internas que nos possibilitem vivem em comunhão tecendo junto com nossos pares momentos de alegria distribuindo por onde passarmos pétalas de amor. Desejo que você tenha 2015 motivos para sorrir e a nova página que está se abrindo para ti seja preenchida com alegria, amor e grandes realizações. Tudo o que há de melhor é o que desejo para você e sua família.
    Um FELIZ ANO NOVO de muito SUCESSO
    Abraços

    ResponderEliminar