quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

Não quero nada..quero amar-te meu amor

...*...

Não quero tristeza
Não quero riqueza
Não quero prazer
Não quero saber de nada ter
Não quero passar sem te conhecer
Não quero olhar em vão
Não quero maldade no coração
Não quero o inferno
Não quero maldade e  ilusão
Não quero seguir por falso caminho
Não quero saber o sabor do destino
Não quero viver o ontem
Não quero sofrer o amanhã
Não quero saber de coisa vâ
Não quero nenhuma pétala de flor
Áh MAS QUERO
Acredita que quero
Quero amar-te meu amor
...............................

11 comentários:

  1. LINDO de mais, arrepiante prova de amor
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Emocionei-me ao ler este grito de amor saído do coração de um homem apaixonado, tão bonito
    bjs

    ResponderEliminar
  3. Cada um tem seu universo e tentamos por num verso todos os nossos turbilhões e também os pedaços que faltam,juntando-os em palavras que tocam os corações aos pedaços. Amei! Montão de bjs e abraços

    ResponderEliminar
  4. Muito belo, Ricardo!...Quando apenas se quer amar alguém e o resto acaba por ser algo de transversal, mas secundário, esse amor poderá , quiçá, levar ao paraíso ou ao inferno.
    Mas quem assim escreve tem decerto o mundo dos céus assegurado.
    xx

    ResponderEliminar
  5. Não quero...não quero...não quero...repetições sem fim e dando ênfase ao desejo do teu coração...afinal queres muito mas tão pouco...o amor duma donzela algures...maravilhoso,e apaixonado poema...adorei Ricardo...um beijinho e uma noite feliz

    ResponderEliminar
  6. Simplesmente apaixonante !!

    Beijos

    ResponderEliminar
  7. Olá!!!
    Passando pra desejar um Feliz Natal e um Abençoado 2015.
    Bjs

    ResponderEliminar
  8. Importante é saber o que se quer!
    Linda poesia, Ricardo.
    Feliz Natal pra você.

    ResponderEliminar
  9. Suficiente con querer amarla, una belleza de poema
    Un beso Ricardo

    ResponderEliminar
  10. Adorava uma declaração destas, feita a mim, adorava! Amei de verdade, ler.

    Beijinho de respeito.

    ResponderEliminar