domingo, 7 de dezembro de 2014

Coração ardendo de amor em abrasada fogueira

.....
Este fogo que me queima e não me deixa esquecer
Os teus lábios doces que abrasam os meus desejos
Calor de amor que minha ansiedade vem aquecer
Na saudade que meus lábios sentem dos teus beijos

Fogo ardente neste peito que clama por teu abraço
Sonhos em sorrisos ocultos na noite triste e escura
Onde se prendem as melodias de ternos embaraços
E nem os sonhos de sentido me trazem tua ternura

Choram os olhos em delírio na dor da despedida
Calor que queima desertos no sorriso da partida
Chora a minha alma sem que eu deseje e queira

Labaredas ardentes em anseios doridos crepitam
Abandono dos teus lábios que em amor salpicam
Coração ardendo de amor em abrasada fogueira
............

7 comentários:

  1. Deixe cair essas lágrimas de verdade
    Regue com elas, o canteiro da mais linda flor
    Mantenha essa labareda, que na realidade
    Não será abandono, mas sim vida sem cor.

    Uma pequena homenagem ao seu mais lindo poema! Parabéns

    Um Beijinho de admiração e respeito.

    ResponderEliminar
  2. Um coração ardendo de amor e saudade.
    Magnifico poema.
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar
  3. Lindo de morrer...
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Um poema com adornos de tristeza, mas com uma ternura sem igual! Lindo de mais.
    Bjs

    ResponderEliminar
  5. Poema intenso e abrasador...imagem ardente que derrete o olhar...até o mais insensível dos seres se sentiria tocado por tão arrebatador poema...tuas palavras apaixonadas e saudosistas de carinhos dum passado que está ainda bem presente no teu coração, denotam a tua genialidade e sensibilidade poética...AMEI...continua a encantar-nos com esse dom e que nunca te falte o brilho no teu coração...um beijinho de bom final de domingo

    ResponderEliminar
  6. Bom dia
    Tu vais demorando a escrever; Mas quando soltas um poema, fazes questão que esse, seja melhor que o anterior. Este poema está lindo de mais...está repleto de carinho, saudade, e muito sentimento. Cada vez mais difícil para mim comentar-te...És imbatível na poesia. PARABÉNS Ricardo.

    Um beijinho e um dia de feriado muito feliz!

    ResponderEliminar
  7. Muito bonito. Já o outro dizia que "amor é fogo que arde sem se ver"...Não pode é arder demais senão só ficam as cinzas...:-)
    xx

    ResponderEliminar