sexta-feira, 28 de novembro de 2014

Não sou rigoroso, sou gente

... * ...

Não sou rigoroso, sou gente 
Quero pouco ou nada
Apenas quero sonhar contigo
Imaginar o pôr-do-sol a teu lado
Beijar-te em silêncio, sentir a alvorada
Encarar o mundo cruel que me apavora
Dizer-te palavras mudas com o olhar
Perder o fôlego com o nascer da aurora
Ver ficar bronzeado o seco luar
Esquecer todo o mal que me devora
Só porque por ti estou apaixonado
E nos meus dias frios sem abrigo
Olho a lua solitária, bonita e feliz
Ouvindo em meus sonhos dourados
Uma voz calma, serena, que me diz
No além do clareado firmamento
Está o teu sonho, o teu momento
Numa imagem de amor, enamorada
Que ama esse teu nobre sentimento
Quando ao mundo ousas gritar
Numa voz rouca, fortemente
Quero pouco ou nada
Não sou rigoroso, sou gente
..............

15 comentários:

  1. Tão linnnnndo! Como sempre adorei!

    Gaby

    ResponderEliminar
  2. Lourdes Piedade Patacas28 de novembro de 2014 às 10:59

    LINDO POEMA !
    Um sentimento tão nobre ! "Quero pouco apenas quero sonhar contigo !
    Só porque por ti estou apaixonado !"
    Apesar dos dias frios e sem abrigo, são estes desejos que aquecem e confortam
    um coração cheio de ternura.
    Com a mesma humildade te digo parabéns , adorei o poema

    ResponderEliminar
  3. Linda poesia e ser gente assim,é preciso! abraços,chica

    ResponderEliminar
  4. Um poema de tirar o fôlego com tanta nobreza e ternura...enaltece sentimentos profundos duma alma humilde e apaixonada, cujo desejo é esquecer todo o mal e entregar-se ao amor que sente...amei..parabéns por esta tão bela inspiração...um beijinho e bom fim de semana

    ResponderEliminar
  5. Sonhar com a pessoa amada não é exigir é desejar.
    Lindo amigo Ricardo.
    Bjs e um ótimo final de semana.
    Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  6. No fundo todo ser humano quer um grande amor....

    ResponderEliminar
  7. Ser rigoroso deve ser a coisa mais aborrecida do mundo. E como se consegue ser "rigoroso" em termos de sentimentos?...O sentimento, tal como o sonho, é livre.
    Um poema muito bonito!
    xx

    ResponderEliminar
  8. SOBERBO!

    Todas as palavras já foram ditas.... por muito que escreva, por muito que te elogie, serão sempre poucas e pobres, as minhas palavras perante do que mereces!!!

    Olha, muitos parabéns, beijinho, e bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  9. Um poema lindo, lindo... Parabéns Poeta.
    Bjs

    ResponderEliminar
  10. Mas muito rigoroso na sua poesia, amigo.
    Desejo que se encontre bem.
    Bj.
    Irene Alves

    ResponderEliminar
  11. Quem assim escreve, só pode ser portador de um coração sensível e repleto de amor para dar...
    O Sr, hoje, fazendo um poema diferente, mostrou mais um vez, como é enorme a sua veia Poética. Cada vez mais gosto de o visitar, é que, cada dia mais me surpreende.

    Quer um conselho? Saia do anonimato... Pois merecia muito mais que ser lido num blogue... espero que entenda o que quis dizer.

    Com muita admiração e respeito, deixo um beijo.

    ResponderEliminar
  12. Quem ama sonha com a pessoa amada...

    Magnífico e intenso poema.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  13. Intenso poema, de uma beleza enorme, gostei mesmo muito.
    Bejs

    ResponderEliminar
  14. Amigo Ricardo
    O seu belo poema define um grande, grande amor!
    Muito apreciei lê-lo! Parabéns.Tem uma tremenda sensibilidade!
    Bom fim de semana.
    Um abraço
    Beatriz

    ResponderEliminar