domingo, 16 de novembro de 2014

Dá-me um abraço ... haviam secado as flores.

...* ...
.
Dá-me um abraço
Para que eu sinta no peito
A efervescência dos teus sentidos
O pulsar da tua emoção
Ver nas árvores pássaros rendidos
Sentir meus devaneios aquecidos
Apertar-te em meu enlaço
Onde não exista espaço
Para males adormecidos
E só exista um coração

Dá-me um abraço
Sem palavras nem temores
Apenas um sorriso que encante
Que o ontem fique distante
Em que haviam secado as flores
Aconchega-te em meus braços
Deixa teu olhar emitir claridade
Que a alegria te afaste dos cansaços
E o teu sorriso seja a felicidade
Num radiante amor sem torpes laços
.................

15 comentários:

  1. Como é maravilhoso começar o Domingo a ler este desejo e grito de amor. Também quero um abraço assim tão terno
    Beijo

    ResponderEliminar
  2. Que poema maravilhoso....quem não deseja um abraço assim?
    Deixo-lhe o meu abraço, de carinho e respeito.

    ResponderEliminar
  3. Logo pela manhã, um poema tão ternurento onde se sente a efervescência dos sentidos, num abraço tão profundo e no brilho dum olhar...Adorei...um poema apaixonante...um hino ao amor...um aconchego da alma. Rendi-me a tal encanto...um beijinho Ricardo e um domingo radiante e longe de males adormecidos

    ResponderEliminar
  4. Chegar aqui e ler algo tão maravilhoso como li agora, é muito gratificante para um dia como este.
    Um poema carinho e ternurento saído de um coração enorme.Parabéns

    Bom Domingo, paz no teu coração.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  5. Um abraçado momento de carinho.
    Adorei.

    Deixo também o meu.
    Juliana Oliveira

    ResponderEliminar
  6. Um abraço faz milagres.
    Deixo o meu bem quentinho ;))

    ResponderEliminar
  7. Por vezes um abraço cura mais maleitas que todos os remédios que possam existir. Carinhoso poema de amor
    Bjs

    ResponderEliminar
  8. Mano

    Sempre em grande forma e cada vez melhor e mais sábio poeta
    Tem um Domingo feliz conjuntamente com a família .
    Deixo-te um abraço poético

    ResponderEliminar
  9. Poema muito bonito, que me levou a imaginar o meu abraço ao meu amor que está longe, cada vez que o leio, sinto saudades dele. Seus poemas são um bálsamo para o meu coração. Obrigada por existir por aqui e nos permitir que sonhemos à maneira de nos deixar de lágrima a espreitar, de emoção
    É aqui que vagueio .... aqui rio...aqui choro...aqui recordo com saudade o meu amor que se encontra fora de Portugal, no qual lhe guardo muito respeito, pois é um homem com H.
    Peço desculpa por desenvolver texto pouco interessante sobre mim.
    Parabéns pelo seu poema tão sublime.

    Bom domingo e um abraço de respeito.

    ResponderEliminar
  10. Um poema muito bonito, e sentido!! Gostei muito.
    Bjs

    ResponderEliminar
  11. Que belo,Ricardo! Poema que emociona,querido amigo.


    Meu marido operou no dia 7/11 e se recupera .Daí estou sem tempo para o blog.

    Somente dia 15/12 ele vai retirar a sonda e espero em Deus que esse pesadelo termine.

    Tenho postado pouco,mas vim agradecer suas visitas .

    Beijos e uma semana de alegrias

    Donetzka

    Face Book:

    https://www.facebook.com/donetzka.cercck

    Twitter: @donetzka13

    Instagram: @donetzka


    http://instagram.com/donetzka

    Flickr(Minha galeria de imagens):

    https://www.flickr.com/photos/123498631@N06/

    Youtube (Meu canal):

    http://www.youtube.com/channel/UCnVpBs2C-vL6fd1BaRH3lrA/about


    Blog Magia de Donetzka



    ResponderEliminar
  12. Um belo convite que não vejo como possa não ser retribuído. Abraçar é unir dois peitos, dois corações. O poema é muito bonito, e a imagem muito a condizer.
    Bom resto de domingo!
    xx

    ResponderEliminar
  13. Maravilhoso abraço, num poema deslumbrante.Amei
    Bjs

    ResponderEliminar
  14. Um abraço simplesmente......
    e faz tanto bem
    Lindo, grande poeta
    ......um abraço.

    ResponderEliminar