sábado, 4 de outubro de 2014

Teu Olhar...sentimento profundo...

..........*..........
.
Ingresso nesse olhar em sentimento profundo
Pensamento triste num desejo de tolerância
Não será o último olhar no desditoso mundo
Nesses teus olhares sedutores, sem esperança

Âmago dorido no sentir venceu a sensibilidade
De um coração odorado em pétalas de querer
Saindo na voz rouquidão de sentida saudade
De um amor que por centelhas teve que perder

Perfeitos sorrisos tímidos de beleza e ternura
Poesia que dança ao ritmo de uma partitura
Fina pauta musical, em poema mal acabado

Cadência de emoções em resoluta fragilidade
Apoiada na essência inquieta da sinceridade
Desiludiram o coração frágil e fragmentado
.....................

17 comentários:

  1. Manuela Pimenta ( Marisol)4 de outubro de 2014 às 14:35

    Mais um poema cheio de amor mas nota-se aqui e ali alguma desilusão num amor que não foi correspondido, é o que me parece, mas é um poema muito bonito e bem cosntruido
    Bjs

    ResponderEliminar
  2. Para uma tarde de sábado, este poema está muito bom.... dá para pensar muito!
    Parabéns gostei muito.

    Juliana Oliveira

    ResponderEliminar
  3. boa tarde amigo....lindo poema triste, sim, é verdade,mas com tanto de verdadeiro. um beijo amigo

    ResponderEliminar
  4. Adoro o sentimento com que escreve!!...Adoro sentir no coração a sensação de ler um poema de amor...embora que de desilusão... Mas que nunca teve desilusões de amor? É triste quando um coração sofre por amor... mas só em pensar nas coisas lindas que aconteceram e podem acontecer por amor, facilmente se esquecem as desilusões!!!
    Um poema muito bem escrito...PARABÉNS

    Já sou sua seguidora, e acredite que vou voltar mais vezes, isto porque o seu blogue já faz parte da minha lista de favoritos.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  5. Oi Ricardo,
    Poema tristinho, mas muito lindo.
    Ilusões são fantasmas bons ou ruins.
    Beijos no coração
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  6. Quando os sentimentos são verdadeiros obrigam a poemas como este serem verdadeiras obras poéticas. Poema lindo de morrer e verdadeiro na essência da fragilidade do ser humano quando por fragilidade do seu ser não é frontal e deixa que a rouquidão das suas palavras não se façam ouvir perante aquele/a que tanto o/a ama. Lendo com atenção dá que pensar nas entrelinhas
    Bjs

    ResponderEliminar
  7. Perfeitos sorrisos tímidos de beleza e ternura
    Poesia que dança ao ritmo de uma partitura
    Fina pauta musical, em poema mal acabado

    Cadência de emoções em resoluta fragilidade
    Apoiada na essência inquieta da sinceridade
    Desiludiram o coração frágil e fragmentado
    .
    Fiquei em silêncio, chorando. Obrigado Ricardo pela oferta de tanta sensibilidade
    Bjs

    ResponderEliminar
  8. Olá! Boa tarde...
    Passei hoje por aqui e permita-me fazer o seguinte comentário:
    Excelente, gostei imenso.
    Prometo voltar brevemente.
    Um abraço de:
    Um Raio de Luz e fez-se Luz - Algarve

    ResponderEliminar
  9. Que dizer mais?
    Quando um coração mostra toda a sua sensibilidade, e nos deixa de lágrima a espreitar e de coração acelerado, com vontade de reler e voltar a ler, é o quê??? É sinal que estamos lendo um poema perfeito, escrito por um ENORME POETA... O Ricardo
    Muitos parabéns

    Beijo, bom sábado.

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  10. Belo poema nesta bela tarde tenha um bom final de semana.
    Blog: http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br
    Canal de youtube: http://www.youtube.com/NekitaReis

    ResponderEliminar
  11. Um olhar diz tudo.
    Lindo poema amigo Ricardo.
    bjs-Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  12. Nunca me cansarei de ler poesia tão sensível, querida e emocionante. Entra na alma e faz deliciar o coração. Parabéns
    Abraço

    ResponderEliminar
  13. Poema dotado dum brilhantismo incomum...as emoções intensas deixam-nos arrepiados com tamanha dor mas igualmente extasiados com tanta beleza poética...amei Ricardo...tornas a tristeza tão bela como a alegria e a poesia é assim mesmo...um abraço para ti

    ResponderEliminar
  14. Bom dia, Ricardo.
    Teus escritos são sempre tão bonitos!...

    ResponderEliminar
  15. Eis um soneto musical, amigo Ricardo. Um abraço daqui do sul do Brasil. Tenhas uma ótima semana.

    ResponderEliminar