sexta-feira, 30 de maio de 2014

Por te amar, em sentido súbito...

.................................

Por te amar, em sentido súbito, peço perdão
Se no teu olhar, em descrença, ando perdido
Se já não moro nos alicerces do teu coração
Por alguma vez em trejeitos te ter ofendido

Perdoa as noites que vivi em sonhos de dor
Angustias que senti sob a luzência apagada
Saboreando beijos trocados em mútuo amor
Num afeto revivido em sabor de outro nada

Vivo a fantasia que teus carinhos, doavam
Lânguido silêncio que doces beijos ecoavam
Na suavidade do perfume de nosso existir

Perdoa os sentimentos que nunca te ofereci
As palavras ocas que parece que já esqueci
Mas que estão bem presentes no meu sentir
.......................

18 comentários:

  1. Lindo poema romântico, amigo Ricardo.
    Um abraço daqui do país da Copa. Contagem regressiva: falta 14 dias.
    Tenhas um ótimo fim de semana.

    ResponderEliminar
  2. Sempre muito romântico amigo Ricardo.
    Bjs e um ótimo ,final de semana.
    Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  3. Lourdes Piedade Patacas30 de maio de 2014 às 14:16

    Adorei o poema e o carinho que ele transmite nas suas frases
    e até na palavra PERDÃO dita com toda a ternura , por exemplo
    nesta frase "Perdoa os sentimentos que nunca te ofereci ..." É lindo, parabéns POETA

    ResponderEliminar
  4. O amor não basta ser sentido tem que tb ser expressado!

    Tenha lindo fds =)

    ResponderEliminar
  5. O amor é o sentimento mais belo da sociedade e neste blogue pelo que li foimenta-se o amor na mais bela acepção da palavra e sentimento
    Parabéns

    ResponderEliminar
  6. Maravilhosos versos, inspiração que só cresce! abraços, lindo fds! chica

    ResponderEliminar
  7. Poema maravilhoso de amor puro onde a palavra perdão mostra um sentimento aguerrida de um amor verdadeiro
    Bom fim de semana
    Beijho

    ResponderEliminar
  8. Lindérrimo! Só quem ama de verdade escreve com este sentimento! Amei!

    GABY

    ResponderEliminar
  9. Oi Ricardo,
    Cada um expressa seu amor do seu jeito.
    Eu e meu marido disputamos quem fala mais de amor em sussurros românticos, até parece que temos quinze anos.kkk
    Linda sua poesia
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  10. é lindo,o teu poema amigo sublime ...e o pedido de perdão, se toda a gente nao tivesse medo do pedido de perdão, o mundo seria bem melhor, lindo!!! um beijinho

    ResponderEliminar
  11. Um dos poemas mais belos que li aqui, mostrando a existência de uma sensibilidade exemplar e direi mesmo, única
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  12. Pedir perdao é nobre... no amor é fundamental...

    Beijos...

    ResponderEliminar
  13. Como pedir perdão do que se sente?

    Um belissimo poema onde o amor é maior.

    Beijo

    ResponderEliminar
  14. Belíssimo soneto, Ricardo.
    Nunca se deve pedir perdão por amar alguém. Mas entendo a forma poética dessa expressão.
    xx

    ResponderEliminar
  15. Que o perdoar é Viver;
    É a verdade que surge ... é luz no pensamento;
    O simples estender a mão ... Ao outro,
    Que sabe o que significa o perdão...

    O perdoar nunca é em vão,
    É o ultrapassar a negridão ...
    É o não blafesmar,
    É singelamente perdoar

    Saber que a nossa vida não foi uma mera anulação,
    Reconstruir ... Pedaços ... unidos pela reconciliação
    Um sorriso resplandescente ... o SER

    Perdão ... Um Amor sentido a dobrar ...numa Vida crescente em Amor...!

    Que belo de ler! Está exímio mesmo...

    ResponderEliminar
  16. Uma linda forma de pedir perdão, através de um poema muito bonito.
    abraço

    ResponderEliminar
  17. Amigo Ricardo
    Muitos parabéns por mais um soneto bem romântico!
    Um abraço
    Beatriz

    ResponderEliminar