quinta-feira, 1 de maio de 2014

Meu grito apaixonado de amor...

............ /// .............

Da minha garganta sai o grito com teu nome
Que o vento leva nesta noite desamparada
Regressando até mim sem trazer tua voz
Deixando-me em desertos de solidão
Sem de ti receber uma palavra…nada

Diz o vento: Desaperta esse enfaixo
Que te asfixia a própria ilusão
Na procura de quem não responde
Que está entre as folhas da imaginação
Não tem alma, nem coração
Que ninguém sabe onde se esconde

Secam meu mar de lágrimas sem tempo
De um tempo em que meu brado, ecoa
Em pensamentos de sufocada dor
Noite sombria, ao som do vento, em procura
Infinito de um sonho em sorriso de pessoa
Mergulhado em abraços da ternura
É assim o meu grito apaixonado de amor
............

29 comentários:

  1. é lindo sim mas para poesia não tenho jeito nenhum,nasci antes para pintar e desenhar...foi este o meu dom

    ResponderEliminar
  2. Quantas vezes sai o grito de amor da nossa garganta,e quantas vezes sai o grito, mas pelos olhos, em forma de sentimento, pelo sufoco que se instala, e asfixia.

    Ricardo, este é mais um dos teus poemas que podes juntar aos melhores. Lindo de mais.. AMEI de verdade. Gosto muito de te sentir inspirado, e de coração feliz.

    Bom feriado.

    Beijo

    ResponderEliminar
  3. Boa tarde

    Dizes: Grito apaixonado de amor...
    E posso-te dizer que este, é uma dos teus gritos mais lindos que por aqui vou lendo....

    Impossível não gostar deste maravilhoso blogue, que agora até a sua letrinha mudou o visual, dando assim outro luxo ao blogue que já é de luxo . PARABÉNS POETA.

    Quantas vezes não solto o meu grito de amor.... Mas o Amor é lindo...até as lágrimas têm outro valor. LINDO POEMA.

    Abraço.

    ResponderEliminar
  4. Existem poetas que escrevem apenas por escrever porque têm esse dom. Outros, como é o teu caso, escrevem com o coração, transcrevendo para o papel os sentimentos que te vai na alma
    Assim conquistas os teus leitores ( leitoras) pela tua verticalidade, nobreza de coração, carácter humano, de um coração supremo que deixas adivinhar nos teus poemas sempre maravilhosos.
    O amor é para ti o caminho mais exacto para as alegrias da alma, não te escondendo nas palavras ocas, mas sim enaltecendo a verdade e a postura de uma pessoa inigualável, que se chama Ricardo. Os teus poemas são sempre enaltecedores da pessoa mulher que respeitas de forma tão nobre que encantas o coração de quem te conhece e admira
    Parabéns Ricardo por mais um poema que nos leva a imaginar sonhos de ternura
    Beijos em teu coração

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo plenamente, com a Filomena Maria

      Um Beijinho para si, e bom feriado.

      Eliminar
  5. Fiquei maravilhada
    Beijo e bom feriado

    ResponderEliminar
  6. Diz o vento: Desaperta esse enfaixo
    Que te asfixia a própria ilusão
    Na procura de quem não responde
    Que está entre as folhas da imaginação
    Não tem alma, nem coração
    Que ninguém sabe onde se esconde
    ....

    LINDO, LINDO, LINDO,

    Amigo Ricardo, como é possível escrever com tanto amor, ternura e sentimento?
    Abraço

    ResponderEliminar
  7. Obrigada Ricardo, meu poeta de eleição, obrigada por você existir…

    Você, uma criatura linda que Deus colocou em meu caminho. Lendo os seus poemas sei que você faz parte da minha vida, mesmo sendo um amigo virtual, simplesmente porque divide comigo todos os momentos, seus estados de alma, odes poéticas maravilhosas, que encantam os meus dias solitários, leio este blogue que já é minha companhia diária várias vezes por dia, onde rio, choro e acalmo o meu coração.
    Não tenho nada que possa recompensar ter uma amizade tão linda assim…
    Obrigada!
    Um dia feliz, e um fim de semana cheio de saúde

    ResponderEliminar
  8. Para onde nos transportam os teus poemas lindos.....maravilhosos!!!! Amei

    GABY

    ResponderEliminar
  9. Lourdes Piedade Patacas1 de maio de 2014 às 17:06

    Que maravilhoso GRITO !!!
    deve ter chegado bem longe; quantas vezes temos essa vontade de gritar para
    acordar desse sufoco, e procurar o SONHO desse grito apaixonado de AMOR,
    Parabéns por mais uma delicia de poema.

    ResponderEliminar
  10. Olá, Ricardo. Uma ótima tarde de feriado ! Saudades desse seu espaço tão bonito e poético. O poema nos enleva aos momentos de paixão..... tão real! Belissimo sentimento. Ando falta! Desculpe.Adorei ler todos!! Deixo um grande abraço de carinho e amizade. Obrigada por partilhar!

    ResponderEliminar
  11. Que linda poesia. e como tenho gritado meu grito apaixonado de amor e que bom que o grito tem retorno.
    beijos

    ResponderEliminar
  12. Gritos de amor,delineados em versos por mãos de um grande poeta.
    Bjs amigo Ricardo.
    Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  13. Um grito saído da alma que se espera que chegue ao coração da pessoa amada
    Bjs de carinho
    Feliz feriado

    ResponderEliminar
  14. Boa tarde,
    Seu grito romântico originou um lindíssimo poema que encanta trazido pelo vento.
    Abraço
    ag

    http://momentosagomes-ag.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  15. Um grito feito poema, Ricardo!
    O vento leva e traz, leva e traz ecos de vozes, ou apenas o silêncio.
    Um poema saído do coração, como só assim os sabes fazer.
    Olha, o vento a mim só me despenteia! E nem imaginas como esta cidade é ventosa!...:-)
    Um bom resto de feriado!
    xx

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Laura

      O vento só te despenteia?

      Já te estou a imaginar, linda, maravilhosa....de sorriso contagiante...passeando pelos jardins em flor ... de cabelos compridos ... "bailando" ao vento.

      Fica feliz...Paz em teu coração
      xx

      Eliminar
  16. Muito belo e sentido, repleto de amor os teus versos poeta...
    Estás cada dia melhor. Um bj

    ResponderEliminar
  17. Magnífico grito de amor que de tanto doer escorre pelos olhos.

    Parabéns pelo poema!

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  18. Do amor há o efêmero, a o grito, o pedido de socorro para se preencher o que temos dentro.
    Mas na falta do amor, amemos por nós mesmos, gritemos pela nossa capacidade de se manter em pé no mundo. Com ou sem esse amor. Antes, o amor por nós.

    Abraço, bom feriado e final de semana!

    ResponderEliminar
  19. Oi Ricardo,
    Estou abestalhada com sua poesia, colocou nela todo o amor e emoção, florindo-a com beijos, abraços e ternura, emoldurando-a com lindas metáforas, soando um lindo grito de amor...
    Você me fez lembrar d'um filme: Um sonho de liberdade, assisti-o mais de dez vezes.
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  20. Lindíssimo...versos que encantam e emocionam muito, parabéns pela sensibilidade! abraços, ania..

    ResponderEliminar
  21. Muito sensível e ao mesmo tempo, intenso.
    Sem duvidas um belo grito de amor sincero e poético!

    Beijos.

    ResponderEliminar
  22. o grito do amor.....todos o podemos fazer,agora resposta ,nem todos a têm, e recebem realmente o silencio de volta,e magoa,se magoa......

    ResponderEliminar
  23. OBRIGADO a todas as amigas/os que comentaram deixando o vosso testemunho, em palavras tão bonitas que, reconheço, penso que não mereço...mas gosto.

    Não me considero um poeta, mas sim, uma pessoa que deixa vaguear o pensamento através das letras que transcrevo para o papel

    Mas, confesso que, fico feliz por gostarem do que escrevo. Anima-me a escrever mais e mais e mais...tentando sempre melhorar, o que como é lógico nem sempre consigo

    OBRIGADO DE CORAÇÃO

    ResponderEliminar
  24. Um grito apaixonada, romântico, belo, poético...apesar de ser um grito triste.
    abraço

    ResponderEliminar
  25. Amigo Ricardo
    Gritar por quem amamos e não receber uma resposta provoca imensa dor!
    Essa dor é a causadora deste magnífico poema.
    Parabéns.
    Um abraço
    Beatriz

    ResponderEliminar