sexta-feira, 9 de maio de 2014

Estrelas: Interminável procura...


....................
Tenho a lua e as estrelas
Milhões de sonhos ao vê-las
Na luz dos teus olhos
Que guardo dentro do meu ser
Por não conseguir esquecê-las
Nem dentro delas, viver

Tenho a noite e o dia
Tristezas, alegria
Que eu quero suavizar
Nos acordes da minha saudade
Na força da minha impaciência
Quando te procuro
Num abraço imaginário

Tenho o pranto e o sorriso
Que de amar têm pressa
Qual sentimento e calvário
Como se o mundo terminasse
Num grito de impotência
Onde a tua beleza pura
Fosse o balsamo que beijasse
Toda a minha existência
Na tua interminável procura
...

21 comentários:

  1. Sempre palavras encantadoras que nos oferece e que nos prende à leitura das suas rimas e versos. Que essa interminável procura chegue ao coração da pessoa amada.
    Abraço

    ResponderEliminar
  2. Bom dia Ricardo
    Lua... estrelas... enfim os astros trazendo grande momento poético. Belo lirismo meu amigo
    Um abraço

    ResponderEliminar
  3. ser que alguem o ouve,Ricardo?? se assim for os meus para bemns porque o poema é lindo um abração

    ResponderEliminar
  4. Oi Ricardo,
    Tudo na natureza retira da nossa alma todas as emoções de amor.
    Assim você o fez.
    Lindo poema!
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  5. Oi Ricardo as estrelas e a lua são eternas companheiras dos nossos poemas.
    Parabéns,amei.
    bjs e um ótimo domingo
    Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  6. O amigo Ricardo sempre brilhante na sua forma de mostrar emoções e sentir do coração
    Quem procura sempre alcança, ou não

    Grande abraço Ricardo e um dia muito feliz para amanhã no lançamento do livro da amiga Cidália Ferreira.

    ResponderEliminar
  7. Que depois de ter a lua as estrelas a noite o dia o pranto e o sorriso, chegue também ao seu coração o amor que procura na pessoa amada.
    Que lindo poema
    Abraço

    ResponderEliminar
  8. A gente sempre está a procura de...
    felicidade, amor, alegria,paz.

    ResponderEliminar
  9. Belos versos românticos, amigo Ricardo. Um abraço daqui do sul do Brasil. Tenhas um bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  10. Nos acordes da minha saudade
    Na força da minha impaciência
    Quando te procuro
    Num abraço imaginário
    ,
    É de ficar sem palavras, lindo, lindo, lindo
    Beijs

    ResponderEliminar
  11. Linda e inspirada procura!! abraços,tudo de bom,chica

    ResponderEliminar
  12. Às vezes quanto mais se procura menos se encontra, embora eu saiba que se trata de uma procura poética.
    Belo poema, Ricardo!
    xx

    ResponderEliminar
  13. Boa tarde

    Um poema estupidamente fantástico!! ...SOBERBO.
    Quem procura, acaba sempre por encontrar.

    Tens o dom de escrever à maneira nos deixares de corações enternecido. Parabéns.

    Beijinho.

    ResponderEliminar
  14. Gostei do teu blogue e dos teus poemas.
    És um bom poeta.
    Por essa razão, voltarei sempre.
    Caro Ricardo, tem um bom fim de semana.
    Abraço.

    ResponderEliminar
  15. RICARDO .Gostei muito do seu poema,
    achei lindo ... Na força da minha impaciência ! Muito profundo ! Lindo agora já conheço seu blogue .Vou dar uns pulinhos aqui, neste bate coração .

    ResponderEliminar
  16. Muita sensibilidade para exprimir o amor através de lindo poema...
    Gostei muito, Ricardo.
    Beijos!

    ResponderEliminar
  17. Muito bom, parabéns. Desejo a vc um domingo especial. abraços

    ResponderEliminar
  18. Lindo ... o bailado das estrelas ...Tantas estrelas, reluzentes ...Que em coração que ama
    São sentimentos cadentes..., as estrelas afagam... vê-las ...o pulsar de e na procura de um coração!



    ResponderEliminar
  19. Lindo poema, Ricardo!
    Parabéns
    Abraços.

    ResponderEliminar
  20. Amigo Ricardo
    Ter a companhia da Natureza na procura do ser amado,é uma vantagem! A Natureza nunca nos desilude!
    Parabéns pelo poema.
    Um abraço
    Beatriz

    ResponderEliminar