segunda-feira, 28 de abril de 2014

Triste o meu caminhar...

( Imagem da net )
*********** / ***********
Sinto-me triste, indiferente, sozinho
Como vento que sopra sábia frescura
Nem sei porque ando neste caminho
Cheio de tristeza e chorosa amargura

Caminho errante que aflora a meu ser
Mar de água que tortura o meu olhar
Pensamentos inúteis fazem acontecer
Os delírios que sinto no meu caminhar

Fatalidade emerge ao meu peito sofrido
Em dor aguda, sincera em sua nostalgia
Só porque caminho idealizando contigo

Os passos que daria sob a luz do luar
Se teu abraço fosse esse desejo amigo
Que me desse forças para só, caminhar
..

26 comentários:

  1. é lindo mas triste,esta triste amigo oué só a poesia???

    ResponderEliminar
  2. Las lágrimas limpian el alma, llueve bajo tu cielo, pero pronto saldrá el sol
    Un beso.

    ResponderEliminar
  3. Bonito Gostei.
    Pegando em palavras suas:
    Os sentimentos de quem escreve são para ser lidos e entendidos livremente, deixá-los entrar no coração, mostrar à sensibilidade de cada leitor, a própria sensibilidade do escritor.
    Neste poema reflecte um estado de ânsia e desejo.
    Obrigada pela partilha.
    Continuação de boa inspiração para escrever poemas sempre belos.
    Bem haja amigo.


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nem sempre um poema é reflexo do estado de alma do seu autor, mas sim, a imaginação do poeta que, livremente, faz escoar os seus líquidos pensamentos em quadras poéticas.
      Está nesse sentido este meu poema.

      Eliminar
  4. Respostas
    1. Olá Arco-Íris de Frida

      Quem sabe se o caminhar triste não nos leva a pontos finais...de um amor alegre e desejado? Quem sabe !!!

      Eliminar
  5. Esse soneto, hoje, tem muito haver com meu estado de espírito... Bjus

    ResponderEliminar
  6. Olá Ricardo!

    Poema muito bonito, mas muito triste... Assim, não te conheço...

    Um Homem, também se sente muito assim
    Triste, sozinho, sem saber para onde ir
    Chora de emoção, e com um certo frenesim
    Com ânsia de encontrar alguém que o faça rir

    Este teu poema triste, mas lindo
    Na sua pessoa como o Rei da alegria
    Acredito nas tuas palavras, sorrindo
    Para o teu coração que é pura energia.

    Gostei muito...

    Beijinho.

    ResponderEliminar
  7. Oi Ricardo,
    A poesia pode ser ou não a alma do poeta, às vezes me sinto triste e não passo essa tristeza na poesia e muitas vezes estou feliz e faço uma poesia triste.
    A escrita da poesia é a estrutura e nós damos uma alma triste ou alegre.
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  8. Oi Ricardo,
    Pensei que tivesse moderado os comentários, demorou à sair
    Lua Singular

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não, não estão, amiga Dorli

      Se assim foi, é problema da Google...Apenas isso

      Que a felicidade inunde seu coração

      Eliminar
  9. Me chamou a atenção a palavra idealizando. Muitas vezes acontece de idealizarmos pessoas e/ou caminhos, e esta idealização nos leva a sentirmos sozinho, um caminhar triste.
    abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Paula Barros

      tantas vezes se idealizam coisas e factos e por esta ou aquela razão nunca se concretizam.

      É assim o sonho da vida, não é verdade?

      Fique feliz.

      Eliminar
  10. Triste caminhar,mas belo poema! abraços,chica e linda semana!

    ResponderEliminar
  11. Belo poema que senti como meu.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  12. Quando escrevemos,não sabemos o que a inspiração fará com nossa mente.
    Às vezes,são poesias tristes outras alegres,isso depende de como abrigamos a nossa alma.
    Como diz amiga Dorli,quando estamos tristes,podemos ser inspirados em alegrias e outras vezes ao contrário.
    E essa é mais uma linda inspiração sua.
    bjs amigo Ricardo.
    Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  13. Muito belo, porque muito bem escrito! O que vale é que é só pura imaginação poética, e não verdadeiro estado de alma. Os corações poéticos são assim, inventam sensações de tristeza ou de alegria.
    xx

    ResponderEliminar
  14. Oi amiga, este texto meche muito comigo... Adorei relê-lo.
    Mil beijoss!
    Blog: Caio, o melhor presente

    ResponderEliminar
  15. Triste teu caminhar e belíssimo teu poema,Ricardo! És nota 1000!Emocionei-me!

    Beijos e uma semana de alegrias

    Donetzka

    Face Book:


    https://www.facebook.com/donetzka.cercck


    Blog Magia de Donetzka




    ResponderEliminar
  16. Que nos caminhos tristes possamos degustar da dor. Sem se aprofundar nas mágoas, mas nos permitir sentir dor.
    Possamos, degustar para discernir e propor mudanças. De propormos novos jeitos e só assim, na proposição do novo encontrar outros e melhores caminhos.

    Bom demais poder encontrar o seu Blog, poder trocar e se contaminar com olhares diferentes.

    Abraço, bom final de semana!

    http://todasasletrasporumtom.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  17. Amigo Ricardo
    Um soneto belo e triste!
    À espera de um abraço!
    Um abraço pode transmitir VIDA!!!
    Parabéns
    Um abraço
    Beatriz

    ResponderEliminar