quarta-feira, 30 de abril de 2014

Mar bravio! Navios que navegam felizes...

....................... /// ...............................

Mar bravio! Navios que navegam felizes
Sob o voo de gaivotas que enternecidas
Lembram árvores e suas robustas raízes
Que nem por ventos fortes são vencidas

Sobre ondas tombadas pela fé imaculada
Se cruzam aventuras de alento e tradição
Águas azuis trazem ilusão, outros nadas
Que fazem chorar tantos olhos de emoção

Olho a grandeza,prendido,mãos erguidas
Vendo o além, felícia de ondas atrevidas
Num alcance sem fim, de vasta imensidão

Olhares que guardo em meu cativado peito
Como águas do mar, vaidoso em seu jeito
Que fazem enternecer meu sofrido coração
..........................

14 comentários:

  1. Que esses navios possam navegar em águas mansas.
    Adorei.
    Bjs amigo Ricardo
    Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  2. Boa tarde, Ricardo.

    Parabéns pela tua brilhante inspiração...Oxalá essas águas do mar, acalmem, a fim da acalmar também esse sofrido coração........................Poema Soberbo!

    Beijo

    ResponderEliminar
  3. No navio de nossa vida, muita gente embarcou e desembarcou. Só permanece o que é verdadeiro =)

    ResponderEliminar
  4. Olhar o mar, imaginar, procurar recordações, acalmar a alma
    Quem nunca se inspirou vendo as ondas ondular?
    Adorei o poema que considero soberbo
    Beijo

    ResponderEliminar
  5. Oi Ricardo,
    Apesar do mar ter quase engolido eu e meu filho, não deixo de amá-lo. Gosto do seu choro à noite, quando as ondas já cansadas seguem seu vaivém mais calmo.
    Obrigada pelo carinho
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  6. Que lindo, o mar sempre é fonte rica de inspiração!
    Seus poemas me levam a imaginar o meu lindo mar, (sempre digo meu mar), quando estou por lá, sentindo a maresia me envolver, o vento em meus cabelos, tudo é demais,belo, muito belo!
    Abraços!

    ResponderEliminar
  7. o mar é lindo e manso quando quer,as vezes mete medo, mas a sua canção é lindae e é bom dormir ouvindo-, o seu cantar calmo,que acalma também beij

    ResponderEliminar
  8. Linda inspiração poeta!
    um feliz fim de semana para ti.
    abração com carinho

    ResponderEliminar
  9. Bonito poema.
    Amo o mar.
    Gosto do som do marulhar de suas ondas.

    ResponderEliminar
  10. Muito bonito! Um coração que se enternece é um coração aberto às emoções.
    xx

    ResponderEliminar
  11. Oi Ricardo
    Um poeta inspirado sempre leva o barco pelos mares da emoção. Belíssimo poema
    Um carinhoso abraço

    ResponderEliminar
  12. Amigo Ricardo
    Como a Natureza pode enternecer o nosso coração! E como define esse sentimento de uma forma tão soberbamente poética! Parabéns.
    Um abraço
    Beatriz

    ResponderEliminar