domingo, 10 de novembro de 2013

Palavras trocadas, entre vírgulas de sentido.

( Imagem da net)


Palavras trocadas, entre vírgulas de sentido
Mensagens duvidadas em toques de teclado
Sentimentos em limpidez ditas ao ouvido
Brincando com o pensamento do outro lado

Risos entre cumprimentos de voz contente
Faziam delícias entre quem não se conhecia
Fez nascer uma amizade linda e comovente
Por mensagens da curiosidade  que crescia

Assim se fez luz numa tarde de sol e pureza
Conheceram-se os amigos da voz e incerteza
Um abraço foi dado em limpidez e verdade

Nasceu a amizade mais linda e consistente
E do desconhecido ficou a alegria da mente
Entre os dois se soube o que era felicidade
.

24 comentários:

  1. Palavras trocadas, um começo de uma linda amizade. Adorei ler! Perfeito amigo. Bjos e um bom fim de tarde!

    ResponderEliminar
  2. Respostas
    1. Olá Araan

      Fico feliz por isso...Volte sempre

      Fique feliz

      Eliminar
  3. Caro Ricardo
    Este belo soneto parece evocar o encontro de alguém que se conheceu através da Internet!
    É o meu modo de o ler!
    Muitos parabéns.Um soneto não é uma composição fácil de se fazer!
    Uma boa semana.
    Um abraço
    Beatriz

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Beatriz Bragança

      tal e qual...conhecimento pessoal depois de se conhecerem através da internet

      Beijinho

      Eliminar
  4. Que lindo quando isso acontece!Bela poesia! abraços,chica

    ResponderEliminar
  5. LINDO... MUITO LINDO...

    Amizade quando é saudável e sincera,
    É no seu encontro, sempre uma emoção,
    O sentimento e a sinceridade, só tempera
    O que nasce de verdade num coração.... ...............AMIZADE

    AMEI

    Beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Cidália

      Maravilhosa a tua veia poética

      LIndo...Obrigado pelo carinho e amizade

      Fica feliz

      Eliminar
  6. Muito bonito o que escreveste sobre essa amizade que nasceu a partir de toques de teclado. Não existe nada mais bonito que pessoas com mentes límpidas que tentam fazer amizades e não lixar os outros, como já me aconteceu....:-(
    A amizade alimenta-se da verdade e respeito mútuo.
    Gostei muito.
    xx

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Laura

      Faço minhas as tuas palavras no que concerne ao facto da amizade ser verdadeira. Sem dúvida que na net são mais as amizades traiçoeiras que as puras

      Mas ainda existem não é verdade?

      Abraço em TU...

      Eliminar
  7. Oi Ricardo,que poesia linda,perfeita e
    delineada em palavras de amor,quem
    sabe em trocas mútuas à alguém,com muita
    delicadeza.
    bjs amigo e obrigada da visita
    Carmen Lúcia-mamymilu

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Carmem Lúcia

      Obrigado pelo carinho...sempre um gosto ler o que escreve.Pura delicadeza

      Beijo

      Eliminar
  8. Que bela poesia...para ser lida assim num fim
    de uma bela tarde de
    domingo...
    Bjins

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Reflexo

      Lindas as suas palavras que me fizeram muito bem

      Fique feliz

      Eliminar
  9. Palavras trocadas, entre vírgulas de sentido
    Talvez algumas não façam sentido de serem trocadas
    Colocadas sempre no lugar certo são preciso
    Podem causar grande desconforto quando erradas.

    Obrigado pela sua visita, o seu poema bem escrito
    Com palavras certas faz todo o sentido.

    Boa noite para você, amigo Ricardo, um abraço
    Eduardo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Viva amigo Eduardo

      Sempre poeta ao mais alto nível

      Abraço

      Eliminar
  10. E quantas e quantas amizades não nasceram e ainda vão nascer assim. algumas duradouras outras fugazes e passageiras. Lindo, bjus

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Nádia Santos

      Sem dúvida. Tens toda a razão

      Fica feliz

      Eliminar
  11. Boa noite,
    Belíssimo poema romântico com inicio num teclado.

    Abraço
    ag

    ResponderEliminar
  12. Soberbo, lindo, comovente... Às vezes essas amizades, ditas dos teclados, são tão consistentes, tão puras, tão envolventes... Por trás do monitor tem gente, tem corações que pulsam ofegantes, tem mentes, tem sentimento... Tem o carinho de quem gosta de fato, que não dispõe do outro, que não sufoca. Que se procuram mutuamente, quando aperta a saudade, espontaneamente. É de repente, esse ente, dito virtual, invade os lares, vira um membro da família, como se ali tivesse realmente, vira assunto dos comentários, participa das conversas, dá e ouve conselhos, aprende e ensina, chora e ri,passa a “existir”. Podemos quase que senti-lo passeando pelos cômodos, sentando a mesa, participando de nosso lazer, como o mais palpável dos amigos. Adquire a gloria de se materializar através de sua forte presença e de ser, porque não dizer, “real”.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Viva amigo Fábio Murilo

      Comentário de elevado nível, mostrando quanto é grande o seu coração

      Grande abraço

      Eliminar