quarta-feira, 27 de novembro de 2013

Corria a lágrima pela vereda ...

**/**

Corria a lágrima pela vereda do teu rosto
Como pingos de chuva em terreno sadio
Procurando teus lábios de que tanto gosto
Onde por amor, de beijos doces me sacio

Lágrima que corre por caminhos de amor
Como a água do mar se esconde na areia
Vem ensopar tua face de perfumada flor
Lembrando-me teu afecto de doce sereia

Essa lágrima que por amor desejo beber
E deixar que molhe meu rosto sem saber
Que cora de anseio de ver teu lindo olhar

Gera em mim fantasias de homem demente
Que apenas por te amar, deseja ternamente
Nessa lágrima de pureza, sua sede matar
.

16 comentários:

  1. as lágrimas dizem aquilo que o coração sente.
    Amei o poema!
    beijos
    http://aspoderosas1.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  2. As lágrimas são uma forma de lavar a alma.
    Muito belo!
    xx

    ResponderEliminar
  3. Olá!!!, Deus te abençoe boa tarde, amigo a lagrima
    é um dos sentimento mais sincero que existe mais quando a pessoa demostra sinceridade na sua vida, belo poema sucesso amigo.
    Blog: http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br
    Canal de youtube: http://www.youtube.com/NekitaReis

    ResponderEliminar
  4. Poema em que me revi.
    Pela lágrima, hoje vertida
    Mas gostei tanto do que li
    Parece bálsamo prá minha vida!

    Poema lindo de mais... Amei...Obrigado por nos presenteares sempre com belas poesias. PARABÉNS!

    Beijo

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  5. Lindo Ricardo!
    "Como a água do mar se esconde na areia"
    Que palavras mais sublimes.
    Adorei
    bjs
    Carmen Lúcia-mamymilu

    ResponderEliminar
  6. Que lindo poema, lindo poder secar as lágrimas que correm dos olhos da pessoa amada e a sinceridade é mesmo algo que se percebe, principalmente o poeta!
    Abraços e tenhas uma linda tarde! (aqui no Brasil estamos bem no meio da tarde).

    ResponderEliminar
  7. Amigo Ricardo, estás a nos contemplar com mais um belo soneto.
    Um abraço. Tenhas uma boa noite.

    ResponderEliminar
  8. Parabéns pelo maravilhoso soneto Ricardo. Um abraço.

    ResponderEliminar
  9. Oi Ricardo
    Que bela poesia
    Bebendo a lágrima do amor?
    O amor é lindo.
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  10. Bom dia Ricardo.. a lágrimas que corem são de limpezas internas.. para que o amor possa verter com alegria por todos os caminhos do corpo.. abração amigo até sempre

    ResponderEliminar
  11. Ricardo querido, as vezes as lágrimas refrescam a alma tão intensa de pensamentos, então, quando saem, aliviam o coraqção, mesmo que não tire tudo, mas ajuda um pouco.
    As suas palavras que tocam!
    Adoro
    bjs
    Ritinha

    ResponderEliminar
  12. Lagrimas... tenho derramado muitas... e nem sempre nos aliviam...

    ResponderEliminar
  13. Poema lindíssimo de amor puro. Quem nunca derramou lágrimas por amor?
    Abraço

    ResponderEliminar
  14. Olá Ricardo!
    Então está mais que visto que tu "derramas" amor em cada palavra que escreves!!!!
    Obrigada por mais este lindo poema com que nos presenteaste!
    bj
    anacosta

    ResponderEliminar
  15. Olá,Ricardo
    Que belo soneto! Como uma lágrima tem tanto poder!!!
    Muitos parabéns.
    Um abraço
    Beatriz

    ResponderEliminar
  16. As lágrimas de uma mulher são preciosas =)

    ResponderEliminar