sábado, 14 de setembro de 2013

Tuas mãos enlouquecidas


Tuas mãos enlouquecidas
Acariciam meu corpo carente
São de amor ... aquecidas
Que sabem afagar docemente

Teu abraço, forte, carinhoso
Enche meu corpo de ternura
Beijo teu, ardente, afectuoso
Deixa em mim, amor, loucura

No teu corpo deixo desejos
Meus afagos, doces beijos
Encanta-me o teu esplendor

Deixo sorrisos, olhar amigo
Porque amo estar contigo
Nos nossos sonhos de amor
.

18 comentários:

  1. Tudo neste blogue é belo, são os poemas encantadores como este, a musica de fundo e as meninas encantadoras, sua netas, que perfumam estou blogue que me encanta e que adoro visitar
    Feliz fim de semana
    abraço

    ResponderEliminar
  2. Bom dia, Ricardo. Lindo soneto, mais uma vez... concordo com a maria da Conceição.

    ResponderEliminar
  3. LINDO, LINDO, LINDO

    Tudo é lindo neste blogue fascinante
    fim de semana de amor
    beijo

    ResponderEliminar
  4. Tuas mãos escrevem amor
    Sente-se a tua emoção
    Com musica em seu esplendor
    Impossível, não entrar no coração.

    Soberbo! Um dos melhores. Amei

    Tem um Sábado muito feliz.
    beijo.

    ResponderEliminar
  5. O amor faz sonhar assim lindamente!! abraços, até segunda, lindo fds! chica

    ResponderEliminar
  6. rsrs Bom dia Ricardo.. o que mais amo ouvir e falar nas poesias.. sobre mãos rsrs mas sem esquecer as unhas francesinhas né.. abração amigo até sempre

    ResponderEliminar
  7. Que importa se são sonhos, o que importa é que são sonhos de amor... tão apaixonado... Um carinhoso abraço Ricardo.

    ResponderEliminar
  8. Um bom final de semana!!!!
    Que romântica essas mãos enlouquecidas
    hummm gostei do poema lindo mesmo

    Abraços com carinho
    Bjuss
    └──●► ¸.·*´¨) ¸.·*Rita!!

    ResponderEliminar
  9. Linda poesia Ricardo, pura paixão, bom ler ao som de uma
    bela música. Nota 10. Suas netinhas são lindas. bjsss

    ResponderEliminar
  10. Oi Ricardo,
    Essas mãos enlouquecidas são aquecidas com amor.
    Linda a sua poesia!
    Quanto a minha postagem:
    Todos sofremos de solidão em qualquer idade, é um vazio que entra por algum poro, e sem pedir licença faz morada, é o vazio da alma. No caso do meu post é a solidão do abandono: essa é inconcebível, pois damos o sangue por nossos filhos e, quando ficamos sós, nos abandonam num cantinho qualquer.
    Eu particularmente cuidei dos meus pais adotivos até a morte, foi um jeito de pagar com amor tudo que fizeram por mim.
    Hoje eu acordei com saudades deles...
    Obrigada pela visita
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  11. Não importam que sejam somente sonhos,
    o que vale é o sentimento desse amor.
    Linda poesia.

    bjs amigo Ricardo.
    Carmen Lúcia-mamymilu.blogspot.com

    ResponderEliminar
  12. Que belo, Ricardo!
    Sonhar acaba por ser sempre uma forma de viver coisas dentro de nós, porque pode sentir-se na imaginação, no sonho...
    xx

    ResponderEliminar
  13. Um calor que não tem forma de arrefecer.

    beijo

    ResponderEliminar
  14. Oi Ricardo
    Como é bom poder estar com a pessoa amada! Lindo poema! Adorei!
    Bjos.

    ResponderEliminar
  15. Que lindo, belos são os sonhos de amor!!!
    Amo ler seus sonetos românticos, poesias repletas de sensualidade e amor, carinho!
    Abraços!

    ResponderEliminar
  16. Ah, parabéns pelas lindas netas, amei ver as fotos!

    ResponderEliminar
  17. Abrazos colmados de pasión!
    Bellísmas letras Ricardo, te dejo un fuerte abrazo.

    http://perfumederosas-cristina.blogspot.com/

    (¯`'•.¸(♥)¸.•'´¯) Te deseo un hermoso fin de semana! (¯`'•.¸(♥)¸.•'´¯)

    ResponderEliminar
  18. Doces palavras para dizer que o amor é lindo. Querido Ricardo, um beijo!

    ResponderEliminar