terça-feira, 10 de setembro de 2013

Suave brisa do vento...


Não te vejo
Não te ouço
Olho as estrelas que brilham
Não estás 
Olho o luar...apenas silêncio
Vejo as nuvens que passam
Reparo na tua ausência
Vivo esta incerteza
Não ouço o teu silêncio
Olho as sombras
Na tua procura
Não soa o teu eco
Sinto dor no peito
Desventura
Sonho imperfeito
Finjo ser ave sem fronteira
Numa solidão primeira
Sem jeito
Procuro-te no tempo
Nas chuvas torrenciais
Sol, arco-iris, temporais
Apenas sei que existes
Porque sinto os efeitos reais
Das tuas caricias em movimento
Na suave brisa
Do vento
*

29 comentários:

  1. Lindo demais...Suavidade e beleza juntas! abraços,ótimo dia! chica

    ResponderEliminar
  2. Sintomas de sdd, são assim.

    tenha um ótimo dia =)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Bell

      Obrigado pela visita e pelo carinho
      Fique em Paz e amor

      Eliminar
  3. Ricardo !adorei o poema é maravilhoso!!!,és um sábio, tanto em poesia como em filisofia,parabéns mestre...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Lourdes Patacas

      És linda..uma amiga de coração
      Fica feliz

      Eliminar
  4. Gostei muito, aliás gosto sempre, pois escreve com as palavras vindas da alma livre...
    Adorei, pq me fez pensar no meu amor:

    "Apenas sei que existes
    Porque sinto os efeitos reais"

    bjs
    Ritinha

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Ritinhas

      Fiquei feliz com sua palavras tão carinhosas e amigas
      Fique feliz

      Eliminar
  5. Ricardo, há sentimento que vem para nós e só podem ser sentido assim como um vento, uma brisa... não para serem vividos. Belo. Um abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Nádia santos

      Concordo contigo...Dizes palavras sábias

      Fica com amor em teu coração

      Eliminar
  6. Boa tarde, Ricardo

    Não te vejo, nem te ouço
    Mas entrei aqui para te ver
    Por muito gostar, aqui pouso
    Reparo...tanto sentimento para ler!

    AMEI...

    Beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Cidália Ferreira

      Sempre com veia poética. Gostei muito da quadra
      Fica feliz
      beijo

      Eliminar
  7. Às vezes sinto o que o seu poema descreve. Me deixou emocionada.
    Lindo, como sempre.
    abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Paula Barros

      Verdade? fico muito feliz por saber que gosta do que escrevo e que se emociona ao ler

      Que a felicidade esteja sempre em seu coração

      Eliminar
  8. Bom dia Ricardo.. o amor e outros sentimentos não podem estar mais bem acompanhados do que da brisa.. um lindo dia amigo abração

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa tarde, amigo Samuel Balbinot

      Sem dúvida.. a própria brisa..é amor em movimento

      Grande abraço

      Eliminar
  9. Oi Ricardo,
    Adoro poesias enfeitadas com brisa. São tão suáveis e geladas.
    Adorei sua poesia
    Obrigada
    Lua Singular

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Dorli

      Sempre um amor...a tua simpatia é maravilhosa
      Fica feliz

      Eliminar
  10. Um poema muito bonito, Ricardo!
    "Das tuas carícias em movimento
    Na suave brisa
    Do vento"
    Belo!
    xx

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Laura Santos

      O perfume das tuas palavras refrescam o meu pensamento.
      És uma amiga de coração...

      pronto, não digo mais nada, antes que me espalhe, lool

      Fica em amor e felicidade

      Eliminar
  11. Olá amigo,
    Belo e tocante o seu poema! Você escreve lindamente, demonstra sua grande sensibilidade. Parabéns!
    Beijos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Ilca

      Emocionei-me com tão bonitas palavras...Obrigado
      Fique em Paz e amor
      Beijos

      Eliminar
  12. Fantástico! A tua escrita transporta-nos para um amôr vivido em toda a sua plenitude!!! Só um poeta com a tua sensibilidade escreve desta maneira!!!! ADOREI!

    GABY

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá querida amiga GABY

      Deixaste-me sem palavras...apenas...um beijo doce em TUUUUU

      Fica feliz

      Eliminar
  13. E esse sentir poético tão belo emociona a quem tem o prazer de ler-te!
    abração com carinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Kunti/Elza...

      Que palavras maravilhosas que entraram em meu coração e me refrescaram a alma...Obrigado

      Fique feliz

      Abraço ...doce

      Eliminar
  14. Amigo Ricardo,
    Simplesmente lindo o teu poetar...
    Sua forma natural e humana de compor é linda.

    ''Sonho imperfeito
    Finjo ser ave sem fronteira
    Numa solidão primeira... ''

    Beijos!

    Fernanda Oliveira

    ResponderEliminar
  15. Estimado amigo Ricardo
    Você me fez descobrir que nada na vida é mais importante do que uma amizade sincera e verdadeira. Os amores passam e os amigos ficam. Agradeço-lhe o carinho deixado em minha página enquanto estive ausente em viagem ao Rio de Janeiro. Você é uma pessoa única pois já nasceu especial. Adoro a sua amizade.
    Beijos recheados de saudade e muito carinho.
    Gracita

    ResponderEliminar
  16. Que lindo, Ricardo... e a imagem não poderia ter combinado mais com o poema...
    Nem sempre precisa-se ver ou tocar para saber que algo (ou alguém) existe...

    ResponderEliminar