quarta-feira, 25 de setembro de 2013

Amores em delírio...


Correm leitos pelo meu pensamento
Suaves palavras de alerta temporal
Imagens de melindrados momentos
Passados no escuro do sonho real

Frios de sentido, ventos me trespassam
“Lâminas” que cortam as raízes do ser
Memórias de rios que brotam e passam
Que alvorecem em mim antes de nascer

Amores em delírio em promessas ditam
Alvoroços de sentimentos desajustados
Carinhos que embalam, vão e ficam
Em corações destruídos e resignados

Na viagem entre dédalos de memória
Sofrem os desejos de alvorada decisão
Frescas promessas de ilimitada glória
Abrem e aformoseiam o meu coração
.

18 comentários:

  1. Mais um poema cheio de carinho e delicioso de ler.
    ABRAÇO

    ResponderEliminar
  2. Poesia de mestre poeta

    ResponderEliminar
  3. Bom dia. Tudo de bom. Gostei quando cita das promessas... É bem por aí... viajo nas suas palavras, traduzo-as do meu jeito. Acho que cada um entende de um jeito, não é mesmo?
    Eu acho.
    bjs
    RItinha

    ResponderEliminar
  4. Fantástico, Ricardo! Gostei muito! E se vêm aí "frescas promessas de ilimitada glória" está tudo nos conformes...:-)
    xx

    ResponderEliminar
  5. Nada é pequeno no amor. Quem espera as grandes ocasiões para provar a sua ternura não sabe amar. Seu poema traz promessas doces....

    abç

    ResponderEliminar
  6. A memória é um grande tesouro, nela guardamos o que aprendemos, pessoas, acontecimentos. Isso ninguém pode roubar, pertence apenas ao seu dono.
    Os verdadeiros amores, guardamos com carinho lá.

    bom diaaaa =)

    ResponderEliminar
  7. Promessas e carinhos de um coração
    que ama,ficam guardadas sempre como lindos
    sonhos.E estes são somente daqueles que sonham.
    Bjs amigo Ricardo.
    Carmen Lúcia-mamymilu.blogspot.com

    ResponderEliminar
  8. Boa tarde Ricardo.. uma poesia com o brilho de sempre.. todos os teus versos são carregados de uma pureza interna.. eu não as uso muito mas palavras que pouco conhecemos o significado são legais para se abrir o dicionario e procurar.. sempre deixo no mais simples pq a maioria das pessoas tem a preguiça de justo ir ao dicionario rsrs um lindo dia até sempre abraços

    ResponderEliminar
  9. Olá Ricardo, uma ótima tarde para vc.
    Versos que encantam! E promessas de um Amor sem fim, dá alento ao coração.
    Lindíssimo!
    Beijo, amigo.

    ResponderEliminar
  10. Oi Ricardo, e eu aqui esperando você postar e como coloquei mais seguidores na lista e por conta do fuso horário você ficou lá embaixo.
    Agora preciso ficar atenta, pois não posso deixar de ler suas poesias que são um deleite para a minha alma
    Um beijo
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  11. Meu amigo

    Mais um belo poema de amor e entrega plena. Adorei como sempre.


    Um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderEliminar
  12. Poema muito bonito, como sempre encontro aqui cada vez que aqui entro.,

    {Amores em delírio em promessas ditam
    Alvoroços de sentimentos desajustados
    Carinhos que embalam, vão e ficam
    Em corações destruídos e resignados} -------------->>> Adorei este!!!

    Beijo
    Tem uma noite de paz!

    ResponderEliminar
  13. Boa noite Ricardo
    Que se cumpram as promessas de amor que tantas emoções trazem.
    Um abraço
    Bruno

    ResponderEliminar
  14. Intenso e ao mesmo tempo suave.
    Gostei muito!

    Beijos.

    ResponderEliminar
  15. Muitos sonhos vivem sua realidade bonita. Feliz do que vive a realidade interior e emana fragâncias a este amor que precisa ser eternizado...homem -mulher.

    Um belo dia meu querido amigo

    Cristal

    ResponderEliminar
  16. Ricardo

    Que poema tão belo
    donde emana
    Paz,
    Amor,
    verdade,
    simplicidade

    e beleza tamanha
    que chega até mim
    e me leva até ti...

    Sensibilizada te digo:

    onde encontras tanta beleza?
    e tanta ternura?...

    Me diz...

    Beijo e obrigada,

    maria Luísa

    ResponderEliminar