sexta-feira, 2 de agosto de 2013

Olhas-me com desdém...


Olhas-me com desdém, maltratado
Ficando meu coração em desalinho
Mesmo assim fico sempre a teu lado
À  espera de receber ... um carinho

Sabedor que sou dos meus erros
Fazendo de meu amor...benefício
Por paixão, entro em  desesperos
Chorando minha alma em sacrifício

Mas luto tendo por ti amor tamanho
Desgostos solitários ... que apanho
Sorrisos de tristeza sem falsidade

Sempre na esperança de ver teu olhar
Dedicar-me um tempo sem me deixar
Neste deserto, queimando de saudade
 .

38 comentários:

  1. Oi Ricardo,
    Acordei se madrugada e fui dar uma olhadinha no blog: E você está torrando de saudade??kkk. O meu é apenas um miniconto, já volto pra cama com meu amor.rsrs
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia Dorli

      Voltas para a cama com o teu amor? Ai ai ai,,,lool

      Que a felicidade envolva sempre o teu coração

      Fica bem... bom soninho ( ou não...)

      Eliminar
  2. Tudo na vida tem o seu momento, mas tudo passa, Poesia
    que expressa bem a dor da alma. bjsss

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia, Nal Pontes

      A poesia é isso mesmo...estados de alma que até podem não ser os do autor/a, mas sim, um sentimento possível na existência humana

      Fique feliz

      Eliminar
  3. Bom dia

    Mais um poema de excelência
    Abençoado Ricardo,o Autor
    Que,com a sua experiência
    Nos faz ler poemas de Amor.

    Lindo lindo. Parabéns!
    Beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia, Cidália Ferreira

      Sempre inspirada ... gostei muito da quadra

      Fica feliz

      Eliminar
  4. Existem mulheres que não sabem viver com o amor de um homem e desprezam a sua própria felicidade.
    Poema escrito em soneto lindissimo, ardente de saudade por um amor malvado que o não sabe respeitar
    Beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia Rosa Maria

      Pois... existem mulheres assim...Umas marotas

      Fique feliz

      Eliminar
  5. por vezes ficamos esperando um migalha de atenção e carinho, pois é melhor que nada ter.
    um soneto sentido e muito bem construído.
    um bom fim de semana para você
    beijo

    :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia, Piedade Araújo Sol

      Obrigado.. que o Sol a ilumine sempre e ajude a preencher o seu coração de amor e felicidade

      Fique bem

      Volte sempre

      Eliminar
  6. Oi Ricardo, as vezes é preciso amar-se primeiro, não depositar no outro a nossa felicidade, ser feliz independe da outra parte, mas chorar por amar alguém...é nobre, digno de sentimentos poéticos sublimes, como o que está transcrito lindamente em seu poema.

    Ghost e Bindi

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia, Ghost e Bindi

      Sem dúvida... Concordo na íntegra

      Volte sempre

      Abraço

      Eliminar
  7. Lindo e de repente um olhar de desdém pode significar o contrário. Poesia linda! abraços,chca

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia Chica

      É nos contrastes que está a essência da paixão, não é verdade?

      Fique feliz

      Eliminar
  8. Insistir em olhar para olhos que não valorizam o amor que no nosso transmite é gostar de sofrer, eu não gosto. Seu soneto ficou lindo, Bjus

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Nádia Santos

      Pois... é uma verdade... Mas o coração nem sempre obedece ao nosso pensamento

      Não achas?

      Fica feliz

      Eliminar
  9. Ah! o olhar, em pensar que muitas vezes basta que nos olhe e sabemos ler o pensamento.
    O olhar transmite algumas sensações que vem da alma, traduzindo alguns desejos guardados..
    Gostei disso:
    "Sempre na esperança de ver teu olhar"
    bjs e excelente final de semana
    Gosto de vir aqui.
    Ritinha

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Ritinha

      Obrigado pelo seu carinho e palavras simpáticas

      Fique feliz

      Eliminar
  10. Olá, Ricardo,
    Nestes tempos onde o amor não é prioridade, é muito bom passar no seu blog e saber que ele existe.
    Bonito soneto, parabéns amigo!! Continue cantando o amor.
    Meu abraço,
    Dalinha

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Dalinha Catunda

      Palavras amigas e sedutoras que me caíram no coração

      Obrigado

      Fique feliz

      Eliminar
  11. Mais um delicioso .....Meu poeta preferido!!!!! Amei!

    GABY

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Gaby

      És um amor de amiga... simplesmente MARAVILHOSA

      beijo

      Eliminar
  12. Este tema do amor não correspondido e sofrido, sempre rende bonitas poesias, sentidas.
    Obrigada pelas visitas.
    abraço

    ResponderEliminar
  13. En ocasiones nos quedamos adheridos a un lugar que nos resistimos a dejar, todo pasa y en algún momento se asimila las miguitas con para los pajaritos, el amor es total entrega.

    Me encantó esta parte "En este desierto, ardiendo de deseo"

    Saludos Ricardo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Ame

      Obrigado pela visita e pelas palavras amigas e simpáticas

      Fique feliz

      Eliminar
  14. Um soneto muito bem construído, e noto que as rimas estão a ficar cada vez mais perfeitas...
    Este poema expressa uma verdade subjacente em várias relações, algo de triste; a realidade de de pessoas que amam tanto, mas cujo amor não é por vezes valorizado como deveria ser. Sei do que falo, neste caso. Gostei muito e identifiquei-me de certa forma com o que escreveste.
    Nem falo sequer de desdém, mas de um certo desinteresse.
    Fica bem, amigo Ricardo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá querida amiga, Laura Santos

      Um comentário franco, lúcido, falando de uma vertente que existe, embora muitas vezes não a queiramos ver

      Como sempre, um comentário de excelência

      Fica feliz...

      Eliminar
  15. Boa tarde Ricardo.. glamurosos versos.. todo dia lemos magias por aqui.. não adianta podem até me falar o contrario mas as rimas definitivamente fazem a poesia ser o encanto que é e que tu magistralmente coloca em cada linha.. abração

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Viva amigo Samuel Balbinot

      pelo menos tento que os versos rimem, lool

      Grande abraço

      Eliminar

  16. Olá Ricardo,

    Isto é que é amor!

    Enquanto há esperança vale a pena lutar por um amor, mas não há amor que mereça um olhar de desdém, né não?

    Bonito e sentido soneto.

    Ótimo dia.

    Abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Vera Lúcia

      tem toda a razão.. Amnor que se preze requer beijos e abraços e não olhares de desdém.. Mas por vezes, infelizmente, acontece

      Fique feliz

      Eliminar
  17. Caro Ricardo
    Eu não sabia que o Benfica tinha adeptos tão poéticos.
    O seu soneto é lindo.Quanto amor!Mas tem consciência de que o desdém é provocado peços seus erros.
    Errar é humano.Ter consciência de que se errou é fantástico.É um homem às direitas,só não pode estar sempre a insistir nos mesmos erros.Parabéns.
    Uma ótima 6ª feira.
    Um abraço da
    Beatriz,que fica à espera de uma visita

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Beatriz Bragança

      O Benfica é um mundo onde existem grandes poetas, e outros pequeninos aos quais, (nos pequeninos...) modéstia à parte, me incluo

      Obrigado pelas palavras amigas

      Fique feliz

      Eliminar
  18. Muito obrigada pelo carinho da tua presença no «LÍRIOS».
    A autora do poema, a minha querida amiga Lúcia Barbosa, ficou, também, sensibilizada, o que me manifestou por email.
    Eis as suas palavras:
    - “Deslumbrei-me com o blog, com a publicação do meu poema, com os comentários tão preciosos. Jamais poderia supor que estas pessoas apreciariam o que me caiu da alma em um desses repentes que vai se saber porque acontecem. Fiquei feliz e comovida. Não tenho palavras para lhe agradecer a honra da bela publicação e a gentileza de seus amigos para comigo”.
    É, pois, em nome das duas que eu te digo: “Bem hajas”.
    Beijinhos
    Mariazita

    PS – Desculpa o “Copy & Paste” mas, com as idas à praia, o TEMPO fica muito curtinho… :)))
    Voltarei. Fica me aguardando…

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Mariazita Azevedo

      Obrigado pelo carinho e pelas palavras tão simpáticas

      Volte sempre

      Fique feliz

      Eliminar
  19. Ricardo.Como sempre digo,vou chamá-lo de "poeta do amor".

    Como é lindo seu poetar sobre ele. Coração transbordante, apaixonado.

    Fico feliz por você,amigo.

    Beijos,ótimo fim de semana e obrigada pelas visitas.

    Donetzka

    Face Book: Donetzka Cercck

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia Donetzka

      Obrigado pelo carinho

      Bom fim de semana

      Eliminar