quinta-feira, 18 de abril de 2013

Sol de Primavera


...
Formosa imagem, desejo ardente
Deste meu olhar que já sentiste
Sorriso de alvura fresca, contente
O que vejo em ti, e eu tão triste

Em ti beleza salutar e comovente
A quem meu amor não resiste
Vivendo em suplicio contente
Meu  coração, que não desiste

Diz-me o amor, olhares distantes
Que em tudo somos semelhantes
Por beijos teus, ai quem me dera

Afagos olorosos de amor carente
Caricias cálidas,  sentido diferente
Do sol que brilha nesta Primavera
..

2 comentários:

  1. Gostei desta sua postagem...
    Desejo-lhe uma feliz semana.
    Um abraço cá deste "meu" Algarve - Portugal.
    http://umraiodeluzefezseluz.blogspot.com

    ResponderEliminar