quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Sofrimento de amor




Sofre o coração em alma sozinha
Em frio dorso de esperança e dor
Cabelo solto em mágoa de vida minha
Solto grito de desesperado amor

Como é lindo o despertar da alma
Em cores de amável sentimento
Desejo escuso em dor que acalma
Melancolia do sentir em pensamento

Sentimentos que entram no coração
Que saem em suplicia da palma da mão
Olhares semicerrados em flor de jasmim

Campos  frescos de aromáticos lírios
Lágrimas de desafortunados martírios
Infindos dias, que passam sobre mim
.

3 comentários: