domingo, 28 de agosto de 2011


Se me deixasses falar-te ao ouvido

Se me desses essa oportunidade

Se me desses tudo o que faz sentido

Eu não escrevia estes versos de saudade


Se soubesses a dolência no meu ser

Se soubesses quanto a alma chora

Se soubesses o quanto te quero dizer

saberias o sofrimento que sinto agora


Se soubesses o valor de um simples beijo

Se soubesses quanto se sofre por desejo

Se soubesses o valor da luz da aurora


Se soubesses o que me vai na alma

Se soubesses aquilo que me acalma

dar-me-ias um beijinho agora

5 comentários:

  1. Lindo... tinha saudade de ler teus escritos...
    Beijos e boa semana...
    Rosana

    ResponderEliminar
  2. Olá RosanAzul

    Obrigado. Penso que agora vou voltar com maior incidência. Obrigado pela visita.

    ResponderEliminar
  3. Minha querida

    Um poema lindo como sempre, adorei ler-te e deixo um beijinho com carinho.

    Sonhadora

    ResponderEliminar
  4. Olá Sonhadora

    Não me chames ... querida. Apenas porque sou um ... HOMEM

    Sê feliz

    ResponderEliminar
  5. Uma semana abençoada e feliz pra ti!
    Beijo azul, Rosana

    ResponderEliminar