sexta-feira, 12 de março de 2010

Onda


Fosse eu onda em mar agitado
E te visse para mim olhando
A areia iria beijar, apaixonado
E sentir teus lábios fechando

De calma e salutar onda escura
Tua imagem séria em fina areia
Seriam vagas de sensata loucura
Que beijavam teus pés de sereia

Imerso teu corpo de ávido amor
De pensamento corrente de dor
Ondulante em corpo extasiado

Em praia de impaciente ternura
Iria beijar teus olhos de doçura
Fosse eu onda em mar agitado