terça-feira, 7 de julho de 2009

Teus olhos ... TU

Teus olhos excitam meu dia
Que anda perdido no tempo
São flores que me dão alegria
Me arejam em sopros de vento

São odes de calma alegria
No meu ser meio perdido
Que afastam a melancolia
Sem deixar rasto ou ruído

Solitário, abraço as marés
Experimento alguns revés
No sentido de te encontrar

Para abrir os fechados braços
Sentir no peito, entre abraços
A melhor forma de te amar
........................
Reeditado em 7-09-2013

5 comentários:

  1. Olhos...
    Perfeito reflexo do interior...
    Daquele que grita...
    Daquele que cala...
    Daquele que apenas...
    Sente...

    Saudades daqui...

    beijos

    ResponderEliminar
  2. Lindo, muito lindo o seu soneto!

    Beijinhos,
    Ana Martins

    ResponderEliminar
  3. Passando para sorver e saborear
    Cada letra, palavra, frase, poema ou poesia…
    Para ler e ver, este jeito e modo de vida,
    O do universo das palavras!
    Pensamentos que aludo!
    Porque ler, sentir e sonhar
    Para muitos… pode dizer nada!
    Para outros… o nada pode dizer tudo!

    Um fim-de-semana
    Cheio de momentos e palavras
    De amor e alegria!

    -MANZAS-

    ResponderEliminar
  4. ..entre abraços ..solitário te abraço..te sinto..me encontro em teu olhar..


    Meu abraço de carinho amigo,sempre bom vir aki,sublime poema!

    Beijusss!Bom fim de semana e ame muuuito!

    ResponderEliminar
  5. Na profundeza dos teus versos o sentimento navega nas marés de ti sob os olhos atentos do amor...
    Belo teu soneto! parabéns!!
    Beijos e meu desejo de boa semana!
    Ro

    ResponderEliminar