terça-feira, 10 de março de 2009

Triste vivência em ... Solidão


Já o Sol se punha
Por detrás do monte
E a mulher ali sentada.
Olhar perdido no além
Vazio de esperança
Pernas enrugadas de cansaço
Faces engelhadas pelo tempo
Olhar triste e profundo
Como se no mundo
Já não existisse nada
Nem sei se pensava
Palavra não dizia
Sob os seus pés faltava espaço
Caíam lágrimas no seu regaço
De pura sensibilidade
Sensações de saudade
Feitas mágoas de solidão
Dias vividos na ilusão
No velho sofá, descansava
Envelhecendo
Olhos fixos no horizonte
Parecendo ver
Para além do monte
O Sol ... "morrendo"
.

15 comentários:

  1. Triste,mas tem quatro ombros amigos aqui em casa para consolar!

    ResponderEliminar
  2. Tocaste o meu coração.Sabes porquê?
    Sempre apoiei,sempre me preocupei c/ pessoas sozinhas,q.perderam a Esperança!
    Beijoo.
    isa.

    ResponderEliminar
  3. Triste o tema, bonito poema.

    Quantos, não é mesmo?

    abraços

    ResponderEliminar
  4. Oie..

    Lindo poema..
    Viver só é realmente triste e ruim...
    Mas,infelizmente acho q todos um dia vamos passar por isso...

    bjo;)

    ResponderEliminar
  5. Não sei bem, mas desta vez parece que essa foto tirada no ferro-velho com essa modelo, está tão boa como o poema.
    :)

    ResponderEliminar
  6. A solidão, depois de uma viva vivida, como diz, é um dos maiores dramas do nosso tempo.
    Algo em que todos devemos meditar e fazer o que estiver ao nosso alcance para que aqueles que nos deram tudo de si, para hoje sermos o que somos, não sintam essa tristeza imensa de ficarem, à espera de ver o sol morrer!

    Escrito com muita sensibilidade..
    Os meus parabéns

    ResponderEliminar
  7. L

    Isso quer dizer, precisamente, o quê?

    Fiquei baralhado, lol
    .

    ResponderEliminar
  8. A velhice deveria merecer a maior e melhor atenção de todos nós.
    O que acontece é que os nossos velhos são muitas vezes autenticamente depositados em casas onde não conhecem ninguém, puramente à espera da morte.
    Outros vagueiam por ruas desertas em perfeit harmonia com a solidão de companhia e amor.
    Este tema daria para muitas conversas o que seria fastidioso

    Mas que nos leva a pensar leva.

    Nós um dia também seremos velhotes e se calhar choraremos as mesmas lágrimas que agora não conseguimos limpar. (ou que muitos não querem ver, desculpem)

    É evidente que não existe regra sem excepção.

    Fico triste.
    .

    ResponderEliminar
  9. è tão triste ver os seres a envelhecerem
    e a serem esquecidos pelos mais novos
    Bj

    ResponderEliminar
  10. Obrigado pela visita e pelas palavras gentis.
    um grande abraço

    ResponderEliminar
  11. Com certeza nunca deixaria de colcocar o Autor, dar os créditos...
    Caso contrário nem haveria de perguntar-lhe.
    Triste esse poema de hoje, mas verdadeiro...
    morrer aos poucos...fazemos isso todos os dias
    Boa noite
    pra vc

    ResponderEliminar
  12. @Pelos caminhos da vida

    Embora águia_livre, sou um HOMEM

    Quanto muito e nisso terei o maior prazer, serei ... amigo, lol
    .

    ResponderEliminar
  13. @gabyshiffer

    Não fique zangadinha. Esses olhos tão bonitos não o merecem

    Disponha sempre

    Bjs. AL.

    ResponderEliminar