sexta-feira, 6 de março de 2009


Encadeados sentidos absortos
Assonâncias que ficaram por fazer
Delírios de pensamentos soltos
Amores que por deslizes deixei morrer

Promessas ditas em coração oco
Olhares parados de visão afastada
Amores terminados por ser louco
Anelos por querer tudo, sem nada

Laivos de solidez em ternura pardacenta
Promessas de grandeza, irreais
Estrelas luminosas em noite cinzenta
Carência de quem tudo tem e quer mais

Singro em barcaça por gotas de fadiga
Evocando momentos de euforia carente
Nado por escorreitas lágrimas em miga
E em teu ancoradouro atraco, finalmente
.

14 comentários:

  1. "Encadeados sentidos absortos
    Assonâncias que ficaram por fazer
    Delírios de pensamentos soltos
    Amores que por deslizes deixei morrer

    Promessas ditas em coração oco
    Olhares parados de visão afastada
    Amores terminados por ser louco
    Anelos por querer tudo, sem nada"

    Olha que lindo tudo isso...
    Vc escreve lindamente
    Boa noite pra vc
    Obrigada pela sua visita

    ResponderEliminar
  2. @gabyshiffer

    Que bom ter gostado.

    Obrigado pelo elogio, que definitivamente, não mereço. Mas gostei

    Bom FDS para vc.
    .

    ResponderEliminar
  3. Saudades de passar aqui e me deleitar com suas palavras...com amores possiveis, desejos proibidos, pensamentos a devanear...

    Adoro voltar aqui... sempre!

    beijos

    ResponderEliminar
  4. Se vc gosta das fotos do meu outro blog o Coisasdemulher...
    Acho que vai gostar das desse aqui
    Se desejar pode dar uma olhadinha...
    Obrigada pela sua visita carinhosa
    Beijos Aliciantes

    ResponderEliminar
  5. Ahh e quanto a postar um poema seu
    posso mesmo?
    Vou ter trabalho pra escolher
    :)
    Muito obrigada viu
    BeijosAliciantes

    ResponderEliminar
  6. Ah só mais uma coisa
    Qual é o sei nome? pra eu colocar na autoria do poema...
    ^^
    Beijos

    ResponderEliminar
  7. Posso falar mais uma coisa?
    Olha eu gosto muito do que escreves com rimas...
    vc sabe tudo
    mas eu prefiro os poemas soltos
    e te falo uma coisa
    com rima ou sem
    vc é um espetáculo!
    Já peguei inúmeros textos teus e salvei aqui pra mim
    e como eu amo poesia...
    estou com a alma feliz...
    assim ohhh
    \---------------0-----------------/
    desse tamanho
    vc escreve divinamente
    quando eu crescer quero ser como vc
    rsrs
    ah uma coisa, quer que eu faça um topo pra vc escrito bonitinho...
    acho que domino mais as ferramentas de web que vc
    trabalho com sites etc
    se pemitires eu farei
    vc merece o melhor
    Beijos

    ResponderEliminar
  8. @Desejos Aliciantes

    Faça tudo o que quiser. Está autorizada.

    O meu nome?: Águia_livre

    Obrigado pelos elogios, que sei não merecer.

    Bjs. AL
    .

    ResponderEliminar
  9. Lindissimo !

    Tira o codigo de verificação por favor!

    ResponderEliminar
  10. xiiiiiiiiiii
    hihihihih

    o poema é lindoooooooo
    ..

    ResponderEliminar
  11. Caro aguia, desculpa o desaparecimento, já tinha saudades de ler o que de tão belo escreves

    ResponderEliminar
  12. "...Singro em barcaça por gotas de fadiga
    Evocando momentos de euforia carente
    Nado por escorreitas lágrimas em miga
    E em teu ancoradouro atraco, finalmente"

    EXCELENTE!!!!!!!

    Beijinhos,
    Ana Martins

    ResponderEliminar
  13. «Carência de quem tudo tem e quer mais
    ...
    E em teu ancoradouro atraco, finalmente»

    Então sempre valeu a pena querer mais!

    ResponderEliminar
  14. Fantastica poesia, muitos parabens vou estar atento. Abraço

    ResponderEliminar