quarta-feira, 17 de dezembro de 2008

Fecho os olhos...

Fecho os olhos
Ouço a tua voz
Em melodia
Pareço sonhar
Palavras em sussurro
Que me fazem pensar
Que me refrescam
Que me trazem a luz do dia
Em verdades de amor puro
São embaraços de verdade
São o aconchego
Em que a felicidade
É o segredo
De quem suspira e ama
São movimentos
São vozes são tormentos
São um desejo
De quem deseja um beijo
Um carinho
E os olhos abrindo
Num arrepio
Estou ouvindo
A tua voz
Em melodia

9 comentários:

  1. Secalhar o melhor é abrir os olhos :))
    Helena

    ResponderEliminar
  2. E se for ela a "abrir os olhos"?
    :-)))))))

    ResponderEliminar
  3. Olá querido Amigo, belíssimo poema, de amor e paixão desejada e ainda não concretizada... Gostei!...
    Beijinhos de muito carinho,
    Fernandinha

    ResponderEliminar
  4. Boa noite menino poeta...
    Quanta sensibilidade desenhada magicamente com tanta delicadeza que só o poeta tem... perfeito palavras suaves que se fechar os olhos pegamos carona na tua escrita... Aplausos meu carinho... bjssss vania

    ResponderEliminar
  5. Com os olhos fechados é o mesmo que andar tapado. E depois sai disto!
    :)

    ResponderEliminar
  6. Gosto mais de um piscar de olhos. Que não pareça tique, claro!
    :)

    ResponderEliminar
  7. Lindo...
    Carregado de sentimentos...
    parabens!

    bjs

    ResponderEliminar
  8. " Gostei desses lindos sentimentos ...parabéns .."

    ResponderEliminar